10 de Julho de 2008 / às 19:28 / 9 anos atrás

CONSOLIDA-EUA precisam rever regulamentação financeira

Por Mark Felsenthal e Glenn Somerville

WASHINGTON, 10 de julho (Reuters) - Autoridades monetárias dos Estados Unidos afirmaram a parlamentares nesta quinta-feira que estão fazendo todo o possível para restaurar a calma nos mercados financeiros, mas ressaltaram que uma revisão de longo prazo na regulamentação do setor é vital para evitar novas crises.

O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, e o secretário do Tesouro, Henry Paulson, disseram concordam que o Fed precisa de uma mão mais forte para supervisionar os bancos de investimento e ajudar a proteger a economia dos problemas como os que forçaram um plano de ajuda emergencial para Bearn Stearns.

"O episódio do Bear Stearns e a turbulência do mercado em geral colocaram em xeque a natureza ultrapassada de nosso sistema de regulamentação financeira, e me convenceu de que precisamos avançar de maneira muita mais rápida para atualizar nossa estrutura e melhorar a supervisão e a disciplina do mercado", disse Paulson ao Congresso.

"Nós devemos considerar como dar ao Federal Reserve, de forma mais apropriada, a autoridade para acessar informações necessárias das complexas instituições financeiras... e as ferramentas para intervir e acalmar os riscos sistêmicos antes de chegar a uma crise."

Bernanke, na mesma audiência para a comissão de serviços financeiros da Câmara dos Deputados, afirmou que as autoridades estão fazendo o possível para establilizar os mercados atingidos pela crise de crédito.

NECESSIDADE DE SUPERVISÃO

Ele acrescentou que uma supervisão mais severa é necessária para os grandes bancos de investimento e dealers primários que operam diretamente com o Fed.

"A cooperação entre o Fed e a SEC (órgão regulador do mercado de capitais) está acontecendo com a estrutura existente, com o objetivo de cuidar da situação de curto prazo", disse Bernanke.

"No longo prazo, no entanto, a legislação pode ser necessária para dar uma estrutura mais robusta à supervisão preventiva de bancos de investimento e grandes dealers."

Bernanke acrescentou que as regras para capital e risco devem refletir as diferenças entre bancos de invesimento e bancos comerciais.

Ambas as autoridades concordaram que, com as eleições presidenciais chegando, é pouco provável que as reformas possam ser realizadas este ano. Mas prometeram que continuarão buscando soluções para restaurar a estabilidade dos mercados.

Os dois afirmaram que não podem descartar mais crises financeiras, mas ponderaram que podem enfrentar a atual com as ferramentas existentes.

Bernanke disse que a decisão do Fed de estender o crédito de curto prazo para bancos de investimento e dealers primários amenizou os riscos de colapso de mais alguma instituição como ocorreu com o Bear Stearns.

"Em algum momento nós teremos que interromper isto, quando sentirmos que o sistema se recuperou suficientemente", disse.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below