for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

BOVESPA-Índice despenca, mas estanca derrocada, atento a Wall St

SÃO PAULO, 10 de outubro (Reuters) - A Bolsa de Valores de São Paulo reduzia o ritmo de queda nesta sexta-feira, seguindo a melhora parcial de Wall Street.

Com as ações de empresas de commodities à frente, o Ibovespa .BVSP caía 6,7 por cento, para 34.596 pontos. O volume financeiro de negócios era de 2,5 bilhões de reais.

A queda era menos intensa do que na primeira hora de negócios, quando o pregão chegou a ser suspendo por meia hora pelo circuit breaker, após o índice ter ultrapassado os 10 por cento de queda.

Os investidores seguiam atentos às bolsas nova-iorquinas, onde os principais índices perdiam de 3 a 4 por cento, depois de terem chegado a recuar quase o dobro disso.

A tendência ladeira abaixo foi parcialmente contida depois de autoridades do governo dos Estados Unidos confirmarem à rede CNBC que estão estudando injetar capital em bancos do país.

De acordo com operadores, o desespero da abertura teria sido motivado pela corrida de grandes fundos, vendendo ações a qualquer preço para zerar posições descobertas.

“Diversos fundos foram forçados a liquidar posições em ações, devido à necessidade de aumentar margens num momento em que não há crédito. Isso provocou uma reação em cadeia semelhante ao temos visto durante a semana”, disse Harry Michas, analista da consultoria MFGlobalmarketmonitor.

Esse movimento, num instante em que os investidores estão fortemente sensíveis a notícias de dificuldades de grandes bancos e de recessão global profunda, detonou uma nova espiral de vendas, levando as bolsas no mundo inteiro a novos recordes de baixa.

O principal índice de ações europeu despencou 7,8 por cento, acumulando queda de 22 por cento na semana.

Em Wall Street, a turbulência juntou-se a temores ainda mais acesos em relação à saúde de grandes bancos norte-americanos, depois que a agência de classificação de risco Moody’s alertou para a possibilidade de cortar os ratings de crédito do Morgan Stanley e do Goldman Sachs.

O movimento contaminou os negócios com os demais mercados, como os de commodities. O barril de petróleo CLc1, por exemplo, desabava para baixo dos 80 dólares.

Na bolsa paulista, entretanto, algumas das ações de maior liquidez exibiam perdas menores. Vale VALE5.SA cedia 4 por cento, para 23,55 reais. Itaú ITAU4.SA recuava 5 por cento, para 22,60 reais.

Reportagem de Aluísio Alves, com reportagem adicional de Doris Frankel; Edição de Vanessa Stelzer

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up