for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Petroleiros iniciarão greve antes de negociar com PETROBRAS

RIO DE JANEIRO, 11 de julho (Reuters) - O sindicato dos petroleiros anunciou nesta sexta-feira que iniciará uma greve na próxima segunda-feira, com parada de produção, mesmo que a Petrobras PETR4.SA apresente antes à categoria uma propota para atender as reivindicações feitas pelos trabalhadores.

A greve ocorrerá nas plataformas da bacia de Campos, que responde por 80 por cento da produção de petróleo do Brasil.

O objetivo do protesto, que deve durar cinco dias, é forçar a Petrobras a considerar o dia de saída dos empregados da plataforma como um dia trabalhado.

Essa reivindicação dos petroleiros é antiga, segundo informou o sindicato.

A greve dos trabalhadores da Petrobras, anunciada na quinta-feira, está sendo vista pelo mercado com um dos motivos da alta dos preços internacionais da commotity.

Reportagem de Andrei Khalip

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up