December 11, 2007 / 8:34 PM / 11 years ago

PANORAMA-Mercado se decepciona com decisão do Fed

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 11 de dezembro (Reuters) - A decisão do Federal Reserve de cortar o juro básico e a taxa de redesconto em 0,25 ponto percentual derrubou as bolsas de valores nesta terça-feira.

A reação negativa ocorreu porque parte do mercado esperava uma redução mais agressiva, mas o único membro do Fed que defendeu um corte de 0,50 ponto percentual foi derrotado por outros nove votos.

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, que mais cedo se aproximou do recorde histórico, terminou em baixa —seguindo os passos de Wall Street.

“O mercado queria ver algo mais agressivo com a taxa de redesconto. A questão real não é a economia, são os mercados de crédito”, disse Hank Smith, vice-presidente de investimentos da Haverford Investment, em Radnor, Pensilvânia.

No comunicado que acompanhou o anúncio, o Fed justificou o corte mais moderado dizendo que “a ação de hoje, combinada com as tomadas anteriormente, deve ajudar a promover um crescimento moderado ao longo do tempo.”

Os mercados de câmbio e de juros futuros no Brasil fecharam antes do anúncio do Federal Reserve. Em clima de expectativa, a maioria dos contratos de depósito interfinanceiro encerrou em baixa e o dólar, influenciado pelo fluxo positivo, caiu.

O petróleo, que vinha se mantendo abaixo de 90 dólares por barril, voltou a superar esse patamar nos Estados Unidos. A expectativa antes do anúncio do Fed e problemas de infra-estrutura devido ao clima nos EUA provocaram a alta da commodity.

Veja como encerraram os principais mercados nesta terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,758 real, em queda de 0,45 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 3,13 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa caiu 1,43 por cento, a 64.512 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,8 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

A menos de uma hora do fechamento, o índice de principais ADRs brasileiros caía 3,3 por cento, aos 36.952 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de DI caiu na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O DI janeiro de 2009 fechou a 11,74 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 recuou a 12,38 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia discretamente no final da tarde, para 134,3 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,46 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 13 pontos, a 218 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 242 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

Pouco antes de fechar, o índice Dow Jones .DJI perdia 1,8 por cento, a 13.479 pontos. O Nasdaq .IXIC recuava 1,9 por cento, para 2.668 pontos. O índice S&P 500 .SPX caía 2,0 por cento, aos 1.485 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, avançava e o rendimento caía para 3,98 por cento no final da tarde ante 4,16 por cento na segunda-feira.

Reportagem adicional de Daniela Machado e Rodolfo Barbosa; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below