12 de Novembro de 2007 / às 09:40 / em 10 anos

PANORAMA1-Inflação é destaque em semana espremida por feriados

Por Juliana Siqueira

SÃO PAULO, 12 de novembro (Reuters) - O feriado do Dia dos Veteranos nos Estados Unidos nesta segunda-feira deixa apenas o mercado de bônus do país fechado, mas deve ser suficiente para esfriar os negócios.

No Brasil, o destaque fica por conta da primeira prévia do IGP-M e do IPC-Fipe de novembro. O resultado da Petrobras (PETR4.SA), divulgado na noite de sexta-feira e que veio bem abaixo do esperado, também deve influenciar os negócios. Como o papel subiu bem no final da semana passada, depois da notícia de descoberta de uma reserva gigante, o balanço pode incentivar realização de lucros no papel.

Na terça-feira quem ganha destaque é o cenário político. Se tudo ocorrer como planejado, a proposta que prorroga a cobrança da CPMF será votada em primeiro turno pelo plenário do Senado.

Outras divulgações importantes ao longo da semana são o IGP-10 de novembro e as vendas no varejo brasileiro em setembro, que saem na quarta-feira. O índice de preços ao produtor e as vendas do varejo norte-americano também serão conhecidos na quarta. No mesmo dia, o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, participa de evento do Cato Institute em Washington.

E como quinta-feira é feriado no Brasil, somente na sexta o mercado vai poder repercurtir o índice de preços ao consumidor dos Estados Unidos. A reação vai ser feita junto com a do relatório de produção industrial norte-americana.

O mercado ainda espera corte do juro dos Estados Unidos em dezembro, mas essa expectativa não é consenso. Alguns acham que o banco central dos EUA pode esperar um pouco mais para ver como está a economia antes de decidir quais serão os próximos passos da política monetária.

Em setembro o Fed cortou a taxa básica de juro em 0,5 ponto percentual e em outubro a redução foi de 0,25 ponto, para tentar reduzir o impacto da crise global de crédito na economia.

Para ler a agenda do dia, clique [nN12364032]

Veja como encerraram os principais mercados na sexta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,746 real, em leve alta de 0,06 por cento.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa fechou em alta de 1,19 por cento, a 64.320 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 10,7 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em queda de 3,81 por cento, aos 36.177 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Na BM&F, os contratos de depósito interfinanceiro (DI) de janeiro de 2009 caiu a 11,52 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 fechou a 11,82 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subiram para 133,68 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,59 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia para 204 pontos-básicos, enquanto o EMBI+ avançava para 224 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 1,69 por cento, a 13.042 pontos. O Nasdaq .IXIC teve forte queda de 2,52 por cento, para 2.627 pontos. O índice S&P 500 .SPX recuou 1,43 por cento, aos 1.453 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subiam e o rendimento recuava para 4,21 por cento no final da tarde.

Reportagem adicional de Silvio Cascione e Angela Bittencourt

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below