13 de Fevereiro de 2008 / às 00:50 / em 10 anos

Obama obtém vitórias importantes nos EUA, McCain vence Virginia

Por John Whitesides

WASHINGTON (Reuters) - O pré-candidato democrata Barack Obama ampliou sua série de vitórias sobre a senadora Hillary Clinton na briga pela indicação do partido às eleições presidenciais dos EUA, ao vencer as disputa na Virginia e em Washington D.C., mostraram projeções da mídia norte-americana.

As duas vitórias elevam para sete o número de triunfos consecutivos de Obama na briga pela indicação do Partido Democrata, já que o senador por Illinois venceu todas as cinco disputas realizadas no fim de semana.

O favorito para obter a indicação do Partido Republicano, o senador John McCain, conquistou uma vitória apertada sobre seu principal adversário, o ex-governador do Arkansas Mike Huckabee, na Virginia, também de acordo com projeções da mídia norte-americana.

Autoridades do Estado de Maryland, que também realiza disputas pelas indicações dos dois partidos nesta terça, decidiram prorrogar o período de votação até às 21h30 locais (00h30 em Brasília) devido ao mau tempo que prejudicou o deslocamento dos eleitores.

Obama, que tenta ser o primeiro negro a governar os EUA, tem uma ligeira vantagem em termos de delegados escolhidos até agora para a convenção de agosto.

Ele é apontado como favorito nas disputas desta terça-feira, depois de vencer Hillary em Maine, Louisiana, Nebraska, no Estado de Washington e nas Ilhas Virgens no fim de semana.

Todas as três disputas desta terça aconteceram em terrenos férteis para Obama, com um grande número de eleitores de alta renda, que têm favorecido o senador por Illinois, além dos eleitores negros, que o têm apoiado maciçamente.

Entre os republicanos, McCain acumula uma vantagem quase insuperável em termos de delegados já comprometidos com sua candidatura e consolidou seu favoritismo com a desistência do ex-governador de Massachusetts Mitt Romney, na semana passada.

Apesar disso, Huckabee venceu em dois dos três Estados que fizeram prévias republicanas no sábado, e tem apoio de uma parte do eleitorado do partido que considera que McCain não é suficientemente conservador em questões como imigração e cortes de impostos.

Hillary, que é senadora por Nova York, expressou confiança no futuro de sua campanha, apesar de parecer já ter desistido das disputas desta terça-feira e das batalhas da semana que vem em Wisconsin e no Havaí, todas favoráveis a Obama. Ela preferiu se concentrar nas vitais votações de 4 de março em Estados maiores, como Texas e Ohio.

Reportagem adicional de Deborah Charles, Jeff Mason, Andrew Stern e Caren Bohan

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below