12 de Agosto de 2008 / às 11:02 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Mercado acompanha dados dos EUA e repercute Petrobras

SÃO PAULO, 12 de agosto (Reuters) - O governo norte-americano divulga nesta terça-feira novos relatórios sobre duas grandes "pedras no sapato" do país: o desempenho da balança comercial (junho) e o resultado fiscal (julho). Em ambos os casos, a expectativa é de déficit.

Analistas consultados pela Reuters estimam saldo negativo de 61,5 bilhões de dólares no comércio exterior e de 88,5 bilhões de dólares na parte fiscal.

Conhecido como "déficits gêmeos", o problema não é novo, mas tem voltado ao noticiário por conta da campanha presidencial, que ocorre justamente em um momento de turbulência econômica.

No Brasil, a primeira quadrissemana do IPC-Fipe de agosto mostrou mais uma desaceleração dos preços.

O indicador registrou alta de 0,38 por cento na abertura do mês, ante alta de 0,45 por cento no fechamento de julho e expectativa de avanço de 0,41 por cento.

O mercado acionário deve repercutir o resultado trimestral da Gol GOLL4.SA e da Petrobras (PETR4.SA).

Após o fechamento do pregão de segunda-feira, a estatal anunciou lucro recorde de 8,78 bilhões de reais de abril a junho, alta de 29 por cento sobre igual período de 2007. Para ler mais detalhes, clique [nN12445729].

A segunda maior companhia aérea do país amargou um prejuízo de 216,77 milhões de reais de abril a junho, revertendo de maneira brusca o resultado apurado no mesmo período do ano passado, quando a empresa teve um lucro líquido de 157 milhões de reais. [nN12443998]

Em tempo: A TAM TAMM4.SA antecipou para esta terça-feira a divulgação de seus resultados do segundo trimestre. A empresa é a maior companhia aérea do país. Os dados devem ser divulgados antes da abertura dos negócios.

Para a agenda do dia, clique [nN12387565]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,616 real, em alta de 0,44 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,254 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 3,29 por cento, a 54.720 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 4,89 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em baixa de 3,56 por cento, aos 33.203 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) fechou em alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 ficou em 13,72 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 14,67 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava levemente no final da tarde, para 131,8 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,47 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 5 pontos, a 225 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 288 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,41 por cento, a 11.782 pontos. O Nasdaq .IXIC avançou 1,07 por cento, para 2.439 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibiu valorização de 0,69 por cento, aos 1.305 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia para 4,0 por cento no final da tarde ante 3,94 por cento na sexta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below