14 de Agosto de 2008 / às 11:05 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Inflação dos EUA divide holofote com série de balanços

SÃO PAULO, 14 de agosto (Reuters) - A inflação ao consumidor dos Estados Unidos divide espaço --e a atenção dos investidores brasileiros-- com uma batelada de resultados corporativos nesta quinta-feira.

Analistas de Wall Street esperam que a inflação pode ter chegado ao pico em julho, com uma taxa ainda forte para os padrões norte-americanos de 0,4 por cento. Em junho, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) tinha avançado 1,1 por cento.

Excluindo energia e alimentos, o indicador deve ter subido 0,2 por cento, segundo economistas, depois da alta de 0,3 por cento no mês anterior.

Mesmo com a previsão de desaceleração dos preços, alguns analistas não acreditam que isso será suficiente para mudar a percepção dos consumidores e motivá-los a gastar. Na véspera, o governo dos EUA informou que as vendas do varejo caíram 0,1 por cento em julho.

No Brasil, AmBev AMBV4.SA, Usiminas (USIM5.SA), Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3.SA), Banco do Brasil (BBAS3.SA) e BM&F Bovespa BMEF3.SA BOVH3.SA anunciam os resultados do segundo trimestre.

A AmBev registrou uma queda em seu lucro líquido entre abril e junho, para 402,1 milhões de reais. [nN14431445]

Para a agenda do dia, clique [nN14467979]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,613 real, em baixa de 0,68 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 3,865 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 0,13 por cento, a 54.573 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 13 bilhões de reais, ajudado pelo vencimento de contratos de opções sobre o índice.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 1,36 por cento, aos 33.333 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em leve alta na BM&F. O DI janeiro de 2009 subiu a 13,76 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 14,75 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, cedia levemente no final da tarde, para 131,8 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 5,47 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 4 pontos, a 227 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 289 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 0,94 por cento, a 11.532 pontos. O Nasdaq .IXIC registrou variação negativa de 0,08 por cento, a 2.428 pontos. O índice S&P 500 .SPX recuou 0,29 por cento, aos 1.285 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento subia para 3,94 por cento no final da tarde ante 3,9 por cento na terça-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below