for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Suicidas matam 23 em fila para recrutamento no Iraque

BAGDÁ (Reuters) - Dois suicidas mataram 23 pessoas e feriram outras 68 em um centro de recrutamento do Exército iraquiano ao norte de Bagdá na terça-feira, informou uma fonte iraquiana de segurança.

De acordo com a fonte, a maioria dos mortos no ataque era de recrutas.

O Exército dos Estados Unidos informou que 16 recrutas morreram e 30 ficaram feridos quando os agressores detonaram explosivos atados aos corpos em uma fila do lado de fora de uma base de segurança em Baquba, a 65 quilômetros a nordeste de Bagdá.

O ataque acontece após uma série de atentados a bomba nos últimos meses na província de Diyala, que tem Baquba como capital.

A sunita Al Qaeda tem buscado elevar as tensões em Diyala, região com grande mistura étnica e religiosa. Centros de recrutamento de militares e policiais são constantes alvos do grupo.

Reportagem adicional de Khalid al-Ansary

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up