15 de Outubro de 2008 / às 21:02 / em 9 anos

PANORAMA2-Mercados vêem recessão como inevitável e derretem

SÃO PAULO, 15 de outubro (Reuters) - Os mercados financeiros voltaram a derreter nesta quarta-feira.

O mau humor teve início com um dado fraco sobre o varejo dos Estados Unidos e se agravou com o comentário do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, de que a economia enfrenta uma ameaça significativa.

O principal índice da Bovespa chegou a acionar o circuit breaker ao despencar 10 por cento. No final da tarde, a queda beirou 15 por cento e no fechamento foi contabilizada a pior baixa percentual diária em uma década.

Os índice Dow Jones e Standard & Poor’s 500 tiveram o tombo diário mais forte desde 1987.

As vendas no varejo dos Estados Unidos caíram 1,2 por cento em setembro, a maior baixa em mais de três anos.

“As ações articuladas por Europa, EUA e Ásia trouxeram uma melhoria no cenário... mas, passado o impacto favorável das relevantes medidas que vêm sendo implementadas, resta um cenário das economias mundiais evidenciando inevitável recessão”, comentou em relatório Sidnei Nehme, diretor-executivo da NGO Corretora.

Veja como encerraram os principais mercados nesta quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 2,164 reais, em alta de 3,29 por cento. O volume negociado no mercado interbancário foi de apenas 1,8 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa afundou 11,39 por cento, a 36.833 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 7,76 bilhões de reais, inflado pelo vencimento de índice futuro e opções de índice.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros despencou 19,31 por cento, aos 16.636 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiu na BM&F. O DI janeiro de 2010 avançou a 14,73 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 caiu a 13,92 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, caía para 113,06 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 8,44 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 25 pontos, a 462 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 572 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI desmoronou 7,87 por cento, a 8.577 pontos. O Nasdaq .IXIC tombou 8,47 por cento, para 1.628 pontos. O índice S&P 500 .SPX derreteu 9,03 por cento, aos 907 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento caía para 3,96 por cento no final da tarde, ante 4,09 por cento na véspera.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Vanessa Stelzer; Reportagem adicional de Aluísio Alves e Fabio Gherke; Edição de Daniela Machado

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below