15 de Abril de 2008 / às 17:55 / em 10 anos

Petrolíferas européias têm boas altas com notícia sobre Carioca

SÃO PAULO/LONDRES, 15 de abril (Reuters) - A divulgação do que pode ser a maior descoberta de petróleo dos últimos 30 anos, em área de exploração da Petrobras (PETR4.SA) (PBR.N) na bacia de Santos com parceiros internacionais, levou ações de empresas do setor na Europa a altas expressivas nesta terça-feira.

A britânica BG Group BG.L, que tem participação de 30 por cento no campo Carioca, teve ganho de 5,40 por cento, enquanto a espanhola Repsol YPF (REP.MC), com fatia de 25 por cento no projeto, subiu 9,28 por cento. O índice setorial europeu DJ Stoxx .SXEP encerrou em alta de 1,71 por cento.

“Está claro que se trata de uma descoberta importante para a Repsol mesmo que seja complicado determinar a quantidade ou qualidade dos barris que poderá extrair”, afirmou o gestor de fundos Javier Galán, da Renta 4, em Madri.

A ação da Sacyr SVO.MC, principal acionista da Repsol com 20 por cento, teve a maior alta da sessão, de 12,2 por cento.

Até a portuguesa Galp (GALP.LS), que não integra o grupo de exploração do campo Carioca, beneficiou-se do otimismo do mercado com as descobertas de grandes proporções que têm ocorrido no Brasil. As ações subiram 7,94 por cento.

“A subida da Galp está relacionada com a incerteza da área exata desta descoberta. Se a descoberta abranger toda a área de ‘Sugar Loaf’ (Pão de Açúcar), então a Galp irá se beneficiar porque tem participações em dois blocos na região”, disse um operador em Lisboa.

A Galp, assim como a BG, é parceira da Petrobras na exploração do campo de Tupi, também na bacia de Santos, uma das grandes descobertas recentes no Brasil, que tem reservas recuperáveis de 5 a 8 bilhões de barris de petróleo e gás.

FORNECEDORES GANHAM

Na Noruega, a bolsa de valores também reagiu à notícia do Brasil e ao novo recorde do preço do petróleo, que chegou perto dos 114 dólares o barril nesta terça-feira. O principal índice da bolsa de Oslo subiu 2,29 por cento, embora ainda registre perdas no ano em decorrência dos temores no cenário econômico global.

Uma das altas mais expressivas na Noruega foi a da petrolífera Norse Energy NEC.OL, empresa que não integra nenhum dos grandes grupos internacionais. A ação valorizou-se 15,04 por cento, embora analistas tenham observado que as áreas de exploração da empresa na bacia de Santos estejam 300 km ao sul do campo Carioca.

O diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP), Haroldo Lima, disse na segunda-feira que o potencial da descoberta no Carioca é de 33 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), o que faria dele o terceiro maior campo de petróleo e gás do mundo.

“Se o volume estimado estiver correto, esse campo é gigantesco, um dos maiores do mundo, e isso vai gerar uma demanda enorme por produtos e serviços em que as empresas norueguesas estão bem posicionadas”, afirmou o analista Kjetil Bakken, da Fondsfinans, em Oslo.

A ação do grupo StatoilHydro (STL.OL), empresa com maior participação na bolsa norueguesa, teve ganho de 3,73 por cento. Outras empresas locais também registraram altas. O analista observou que várias delas são fornecedoras da Petrobras.

Na segunda-feira, um contrato de 4,1 bilhões de dólares firmado pela Petrobras com a norueguesa Seadrill (SDRL.OL) havia puxado ações de empresas de perfuração também no mercado norte-americano, como a Noble (NE.N) e a Transocean (RIG.N), que subiram cerca de 4 por cento. Nesta terça-feira, as ações passam por uma correção.

Para analistas, fornecedores para projetos de exploração de petróleo e gás em águas profundas estão muito demandados, e o Brasil é considerado um “hot market” já que terá que investir pesado nos campos offshore.

Com reportagem de Ruben Bicho, Jesús Aguado, Ole Petter, John Acher, Anna Driver

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below