17 de Abril de 2008 / às 11:04 / em 10 anos

PANORAMA1-Mercado digere aumento de 0,50 ponto da Selic

SÃO PAULO, 17 de abril (Reuters) - Os investidores digerem nesta quinta-feira o aumento mais agressivo que o esperado pela maioria da taxa básica de juro brasileira.

Embora o Comitê de Política Monetária (Copom) tenha sinalizado que a decisão poderá restringir a magnitude do aperto monetário total, analistas não descartam um ajuste do mercado. Além disso, a expectativa é de mais ingressos de recursos no país, atraídos pelo diferencial entre o juro doméstico e o externo.

COMMODITIES & ENERGIA

O ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, receberá jornalistas na sede da Petrobras (PETR4.SA), no Rio, por volta das 14h30, acompanhado pelo presidente da estatal, José Sergio Gabrielli.

Segundo a companhia, a presença do ministro e a entrevista foram agendadas antes das declarações nesta semana sobre o grande potencial de petróleo do campo Carioca, na bacia de Santos. Durante a visita, o ministro será informado sobre o estágio dos principais projetos da Petrobras.

Em São Paulo, a Unica (União da Indústria da Cana-de-Açúcar) divulga a primeira estimativa para a nova safra brasileira, que no centro-sul já começou a ser processada.

Para a agenda de indicadores do dia, clique [nN16378608]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,664 real, em baixa de 1,19 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 2,841 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 2,45 por cento, a 64.151 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de cerca de 11,1 bilhões de reais, inflado pelo vencimento de Ibovespa futuro.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 3,20 por cento, aos 39.392 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em alta na BM&F. O DI julho de 2008 subiu a 11,66 por cento, enquanto o DI janeiro de 2009 foi a 12,53 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 135,875 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,07 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil caía 17 pontos, para 228 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 264 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI avançou 2,08 por cento, a 12.619 pontos. O Nasdaq .IXIC saltou 2,8 por cento, para 2.350 pontos. O índice S&P 500 .SPX valorizou-se em 2,27 por cento, aos 1.364 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía e o rendimento subia para 3,68 por cento no final da tarde.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado e Marcelo Teixeira; Edição de Vanessa Stelzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below