January 18, 2008 / 10:05 AM / 11 years ago

PANORAMA1-Mercados aguardam mais sinais de pacote nos EUA

SÃO PAULO, 18 de janeiro (Reuters) - A expectativa de um pacote de estímulo à economia norte-americana ganhou força, e qualquer sinal da Casa Branca sobre o tema terá audiência garantida. O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, anuncia nesta sexta-feira os princípios do plano.

Na véspera, o chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, apoiou os esforços para criação de um pacote e alertou que é “criticamente importante” que as medidas sejam tomadas rapidamente e tenham impacto máximo em 12 meses.

Segundo o líder dos republicanos na Câmara, John Boehner, o governo Bush e o Congresso estão discutindo um possível pacote de estímulo que custaria entre 100 bilhões e 150 bilhões de dólares.

EMPRESAS

Nos EUA, a General Electric (GE.N) —segunda maior empresa norte-americana em valor de mercado— divulga seu resultado trimestral antes da abertura da Bolsa de Valores de Nova York.

Investidores estarão atentos aos resultados de grandes conglomerados industriais para ver se serão capazes de continuar a crescer apesar dos problemas no setor imobiliário norte-americano e da crise global de crédito.

No final da quinta-feira, a gigante de informática IBM (IBM.N) reportou lucro de 3,95 bilhões de dólares ou 2,80 dólares por ação no último trimestre, acima das previsões de analistas.

COMMODITIES E ENERGIA

O foco do mercado de commodities volta-se aos preços de frete marítimo de granéis sólidos, que estão despencando diante dos temores de recessão nos EUA.

Transporte mais barato, por outro lado, facilita negócios de grãos e outros produtos —o que pode impulsionar os futuros, como ocorreu em parte na quinta-feira na bolsa de Chicago.

Assim, a queda nos fretes marítimos, com uma maior oferta de navios devido a preocupações com recessão e problemas de carregamento no Brasil, pode ser sinônimo de novas altas nos preços de commodities.

Veja como encerraram os principais mercados na quinta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,787 real, em alta de 0,79 por cento. O volume do segmento interbancário foi de 1,85 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa perdeu 2,96 por cento, a 57.036 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,56 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros registrou queda de 4,26 por cento, aos 31.666 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam sem rumo comum na BM&F. O DI janeiro de 2009 recuou a 11,98 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 subiu a 12,79 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia levemente no final da tarde, para 135,06 por cento do valor de, oferecendo rendimento de 5,31 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil avançava 9 pontos, a 245 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 271 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 2,46 por cento, a 12.159 pontos. O Nasdaq .IXIC teve queda de 1,99 por cento, para 2.346 pontos. O índice S&P 500 .SPX também caiu, fechando a 2,91 por cento, aos 1.333 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 3,64 por cento no final da tarde ante 3,74 por cento na quarta-feira.

(PANORANA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado, Roberto Samora e Cesar Bianconi; Edição de Claudia Pires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below