17 de Outubro de 2008 / às 20:36 / 9 anos atrás

CÂMBIO-Dólar cai 2% com leve melhora de mercados e anúncio do BC

(Texto atualizado com mais informações)

Por Jenifer Corrêa

SÃO PAULO, 17 de outubro (Reuters) - O dólar fechou em queda de mais de 2 por cento nesta sexta-feira, com o ânimo um pouco melhor dos mercados pelo mundo e o anúncio de novas medidas de intervenção do Banco Central no Brasil.

A moeda norte-americana BRBY fechou cotada a 2,116 reais, em baixa de 2,04 por cento, contribuindo com a queda de 9 por cento na semana. No mês, entretanto, a divisa ainda acumula valorização de 11 por cento.

O BC anunciou nesta sessão que realizará na próxima segunda-feira o primeiro leilão de empréstimo de moeda estrangeira direcionado especificamente para exportadores. Serão ofertados até 2 bilhões de dólares.

A notícia teve repercussão praticamente imediata nas cotações do dólar, que estenderam suas perdas e chegaram a recuar quase 4 por cento, também influenciadas pelo leve respiro das bolsas no Brasil e nos EUA, que tiveram um pregão volátil.

“(O BC) efetivamente vai fazer com que a água chegue na torneira”, avaliou Vanderlei Arruda, gerente de câmbio da corretora Souza Barros.

Para Arruda, a nova operação anunciada pela autoridade monetária difere das medidas econômicas recentes que têm sido tomadas no Brasil e no mundo, numa tentativa de prover liquidez para os mercados. “Essa liquidez fica represada. As medidas não entram em execução na data que são anunciadas”, acrescentou.

Marcos Forgione, analista da Hencorp Commcor Corretora, também considera bastante positiva a atuação do Banco Central. Entretanto, faz a ressalva de que “não se resolvem as coisas num estalar nos dedos, se não, não seria crise.”

O analista ainda avalia que o mercado está “muito estressado e volátil” e que “qualquer movimentação negativa tem sido potencializada” nos últimos dias.

Para o sábado, está prevista uma reunião entre os presidentes Nicolas Sarkozy, da França, e George W. Bush, dos EUA, para tratar de medidas para uma reforma mundial do sistema financeiro.

No Brasil, em mais um leilão de swap cambial tradicional o Banco Central vendeu a totalidade dos 28.000 contratos oferecidos, com um volume equivalente a 1,37 bilhão de dólares. Esta foi a segunda semana em que esse tipo de operação ocorre diariamente.

Edição de Vanessa Stelzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below