17 de Junho de 2008 / às 11:02 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Rumo dos juros pelo mundo inquieta mercados

SÃO PAULO, 17 de junho (Reuters) - Inflação e prováveis aumentos de juro pelo mundo continuam no radar dos investidores nesta terça-feira. Nos Estados Unidos, dois importantes termômetros econômicos serão conhecidos: o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) e a produção industrial de maio.

A expectativa de Wall Street é de que a inflação cheia acelere para 1,0 por cento, mas o núcleo mostre algum arrefecimento frente a abril. Para a indústria, a previsão é de discreto crescimento e uso da capacidade instalada estável em 79,7 por cento.

A percepção de investidores sobre o rumo do juro globalmente tem esquentado o movimento do câmbio. Na véspera, dados recordes de inflação na zona do euro fizeram o dólar se desvalorizar diante das principais moedas.

EMPRESAS

Também na mira do mercado está a divulgação dos resultados de grandes bancos de investimentos, que ainda sofrem o baque da crise do chamado subprime.

O Goldman Sachs (GS.N) anuncia seu desempenho às 9h30 (horário de Brasília), um dia após o Lehman Brothers LEH.O ter reportado prejuízo trimestral de 2,8 bilhões de dólares, em linha com o esperado.

Para a agenda do dia, clique [nN17266720]

Veja como encerraram os principais mercados na segunda-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,626 real, em baixa de 0,61 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 1,56 bilhão de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 0,12 por cento, a 67.284 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 7,27 bilhões de reais, inflado em 1,45 bilhão de reais pelo exercício de opções.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 0,28 por cento, aos 40.536 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) subiu na BM&F. O DI janeiro de 2009 ficou estável a 13,24 por cento ao ano, enquanto o DI janeiro de 2010 avançou a 14,92 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, recuava levemente, para 132,25 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,49 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil subia 4 pontos, a 187 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 242 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI caiu 0,31 por cento, a 12.269 pontos. O Nasdaq .IXIC subiu 0,83 por cento, para 2.474 pontos. O índice S&P 500 .SPX terminou praticamente estável, aos 1.360 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava discretamente e o rendimento subia a 4,27 por cento no final da tarde ante 4,26 por cento na sexta-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below