17 de Julho de 2008 / às 11:05 / 9 anos atrás

PANORAMA1-Balanços trimestrais nos EUA ditam humor dos mercados

SÃO PAULO, 17 de julho (Reuters) - Importantes resultados corporativos dominam a agenda desta quinta-feira nos Estados Unidos, antes da abertura e depois do fechamento dos mercados financeiros.

Além das instituições financeiras JP Morgan (JPM.N) e Merrill Lynch MER.N, divulgam balanço trimestral Coca-Cola (KO.N), Google (GOOG.O), IBM (IBM.N) e Microsoft (MSFT.O).

O desempenho desses pesos-pesados será crucial para que os investidores tenham uma idéia melhor da saúde da economia norte-americana. No caso dos bancos, o que se procura observar é o efeito da crise de hipotecas e de crédito.

Nos últimos dias, o temor de mais perdas contábeis e até mesmo de falências de instituições financeiras ressurgiu com força.

O governo dos EUA colocou à disposição das agências de hipotecas Fannie Mae FNM.N e Freddie Mac FRE.N uma linha emergencial de financiamento, e o presidente George W. Bush procurou acalmar a população após problemas no IndyMac Bancorp IMB.N, que já foi um dos maiores concessores de hipotecas do país.

Na véspera, resultado acima do previsto do Wells Fargo (WFC.N), quinto maior banco dos EUA, ajudou a aliviar o mercado.

COMMODITIES E ENERGIA

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) fará a sua reunião mensal nesta quinta-feira e poderá decidir sobre a aprovação, para uso comercial, de diversos produtos agrícolas geneticamente modificados.

Há dez produtos na pauta da CTNBio, entre diversas variedades de arroz, milho, soja e algodão.

Essas mesmas sementes já estiveram na pauta da reunião do mês passado, mas os cientistas ainda não tinham todos os dados para aprovar o plantio comercial.

Para a agenda do dia, clique [nN17451518]

Veja como encerraram os principais mercados na quarta-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,597 real, em alta de 0,57 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 2,3 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 1,7 por cento, a 62.056 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 6,75 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros fechou em alta de 2,8 por cento, aos 37.519 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

A maioria dos contratos de depósito interfinanceiro (DI) recuou na BM&F. O DI janeiro de 2009 ficou estável a 13,41 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 caiu a 15,00 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 131,75 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,52 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 13 pontos, a 235 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 297 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI avançou 2,5 por cento, a 11.239 pontos. O Nasdaq .IXIC teve alta de 3,1 por cento, para 2.284 pontos. O índice S&P 500 .SPX subiu também 2,5 por cento, aos 1.245pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, recuava e o rendimento avançava para 3,94 por cento no final da tarde ante 3,83 por cento na terça-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado; Edição de Renato Andrade

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below