17 de Setembro de 2008 / às 11:16 / 9 anos atrás

Rússia condena Otan por "mentalidade de Guerra Fria"

MOSCOU (Reuters) - A visita de autoridades da Otan à Geórgia, feita nesta semana, foi considerada um ato anti-Rússia pelo Ministério das Relações Exteriores russo, que divulgou um comunicado em que afirmou também que há uma mentalidade no estilo da guerra fria dentro da aliança.

<p>O presidente russo, Dmitry Medvedev. Na quarta-feira, o minist&eacute;rio das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores da R&uacute;ssia afirmou que a Otan tem 'mentalidade de guerra fria'. Photo by Ria Novosti</p>

“As decisões tomadas como resultado da sessão confirmam que, na Otan, a era da Guerra Fria deixou reflexos de ‘nós e eles’ que voltaram à tona”, disse o comunicado.

A mensagem afirmou ainda que a visita demonstra uma tendência anti-russa porque as autoridades da Otan somente viram os danos causados pela guerra dentro da Geórgia, deixando de lado a região separatista da Ossétia do Sul.

Por Christian Lowe

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below