22 de Setembro de 2008 / às 15:11 / 9 anos atrás

BCs ampliam oferta de recursos em tentativa de reduzir tensões

Por David Milliken

FRANKFURT, 22 de setembro (Reuters) - Os maiores bancos centrais europeus liberaram mais recursos para os tensos mercados financeiros na segunda-feira, com o Japão prometendo oferecer recursos em dólar em meio a sinais de que o apetite por dinheiro de curto prazo pelos bancos comerciais estava diminuindo.

O Banco do Japão (BOJ) anunciou que oferecerá na quarta-feira, pela primeira vez, recursos em dólar, enquanto o banco central dos Emirados Árabes Unidos informou que está lançando um plano emergencial de 50 bilhões de dirhams (13,6 bilhões de dólares).

O Banco Central Europeu (BCE) colocou 40 bilhões de dólares em recursos overnight a 3,25 por cento, ante os 3,50 por cento de sexta-feira e 4,00 por cento de quinta-feira --apesar de bancos quererem 82 bilhões de dólares, a demanda era apenas um pouco menor que a de 101 bilhões de dólares do primeiro leilão de dólar desse tipo, na última quinta-feira.

O Banco da Inglaterra novamente fracassou em colocar a totalidade dos 40 bilhões de dólares que tinha para oferecer, após ter emprestado 26 bilhões de dólares overnight, a uma taxa média de 2,056 por cento.

O Banco Nacional da Suíça distribuiu colocou todo o lote de 10 bilhões de dólares a uma taxa média de 2,72 por cento, ante os 2,78 por cento da sexta-feira.

Em Bratislava, o presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, disse que “os bancos centrais estão agindo e... decisões apropriadas foram tomadas para o fornecimento de liquidez em nossas várias moedas, considerando o período excepcional que estamos vivendo”.

Enquanto a ação dos bancos centrais europeus, apioados pelo Fed, pareceu estar surtindo algum efeito, bancos centrais no Japão, Autrália e Emirados Árabes Unidos aumentaram seus eforços.

O BC japonês informou que oferecerá 30 bilhões de dólares em recursos numa operação por um mês na quarta-feira, a primeira operação de empréstimo de dólares ao mercado aberto na história do banco.

Enquanto isso, o BC dos Emirados Árabes elaborou um plano emergencial de empréstimo bancário no valor de 50 bilhões de dirhams para bancos operando no país, apesar de não ter ficado claro imediatamente em que moeda serão os recursos.

O BC da Austrália injetou no sistema bancário mais recursos que os pedidos na segunda-feira, em um esforço para esfriar as taxas no mercado aberto à medida que bancos continuavam a buscar dinheiro.

Reportagem adicional de Masayuki Kitano, em Tóquio, Anirban Nag ,em Sydney, Daliah Merzaban, em Dubai, Krista Hughes, em Frankfurt, Marc Jones e Michael Winfrey, em Bratislava, Sven-Markus Egenter, em Zurique, e Felix Tabitabe, em Londres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below