22 de Outubro de 2008 / às 10:04 / 9 anos atrás

BOLSA ÁSIA-Índice cai para nível mais baixo em 4 anos

Por Kevin Plumberg e Rafael Nam

HONG KONG, 22 de outubro (Reuters) - As bolsas de valores da Ásia recuaram nesta quarta-feira para o nível mais baixo desde dezembro de 2004, pressionadas por resultados trimestrais fracos de empresas norte-americanas e preços em queda de commodities que fomentaram preocupações sobre uma desaceleração econômica global prolongada.

O custo da proteção contra inadimplência de dívidas asiáticas aumentou para valor recorde depois da Argentina ter agido para assumir seu sistema de pensão privado e à medida que temores de inadimplência de dívidas prejudicaram a confiança em mercados emergentes.

Algumas companhias asiáticas foram pegas desprevenidas quanto ao aperto dos mercados de crédito, que restringiu em muito o acesso delas a capital, e também com relação ao ritmo de queda da demanda global.

"À medida que a crise de crédito piora, estoques no atacado aumentaram, causando um alarmante aumento em estoques na Ásia e em mercados emergentes, em uma época em que, sazonalmente, eles geralmente diminuem", disse Sean Darby, estrategista-chefe do Nomura em Hong Kong.

"Nós esperamos que os lucros sejam revisados para baixo nos mercados asiáticos e mercados emergentes globais", disse ele em uma nota.

As perdas nas ações asiáticas aceleraram na tarde de quarta-feira, com o índice Nikkei .N225 de TÓQUIO fechando em queda de 6,8 por cento, e o Kospi .KS11 de SEUL caindo 5,1 por cento.

As ações da Mitsubishi UFJ Financial Group (8306.T), que investiu recentemente no Morgan Stanley (MS.N), registraram queda de 8,8 por cento, depois que o jornal de negócios Nikkei publicou que o maior banco do Japão cortará bruscamente sua estimativa de lucro líquido para a metade do ano.

O índice MSCI de ações da Ásia-Pacífico com exceção do Japão .MIAPJ0000PUS recuou 5,53 por cento, chegando a atingir o nível mais baixo desde dezembro de 2004.

O índice Hang Seng .HSI, de HONG KONG, caiu 5,15 por cento, com o CITIC Pacific sendo atingido pelo segundo dia depois do alerta de perda potencial de cerca de 2 bilhões de dólares em negociações com câmbio não autorizadas. As ações do CITIC Pacific caíram mais 6 por cento depois de terem perdido metade de seu valor de mercado na terça-feira.

Estimativas de lucro para companhias da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão em 2009 já caíram por quatro meses seguidos, de acordo com dados da Thomson Reuters. No último mês até 16 de outubro, a previsão caiu 3,44 por cento, o maior declínio mensal desde novembro de 2001.

O índice acionário de XANGAI .SSEC perdeu 3,20 por cento, TAIWAN .TWII recuou 1,62 por cento e CINGAPURA .FTSTI teve queda de 5,19 por cento. SYDNEY se desvalorizou em 3,4 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below