23 de Outubro de 2007 / às 04:14 / 10 anos atrás

Mercados recuam afetados por mineradoras

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - As bolsas de valores da Europa apresentavam forte queda nesta segunda-feira, acompanhando mau humor dos mercados mundiais depois que fracos resultados de empresas dos Estados Unidos, divulgados na sexta-feira, alimentaram preocupações sobre a situação da maior economia do mundo.

Às 9h04 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 caía 1,65 por cento, a 1.537 pontos, ficando perto do menor nível em quatro semanas.

As ações das mineradoras BHP Billiton e Rio Tinto perdiam cerca de 4 por cento cada. Enquanto isso, as petrolíferas BP, Total e Royal Dutch Shell recuavam entre 0,6 e 1,8 por cento.

“Acreditamos que esta correção não está encerrada ainda. Ela realmente depende de como os próximos balanços de empresas serão percebidos, mas nós consideramos isso como uma correção e não uma real mudança na tendência”, afirmou Franz Wenzel, estrategista da Axa Investment Managers, em Paris.

Na sexta-feira, a Caterpillar alertou para uma disseminação da fraqueza do mercado imobiliário dos EUA para outros setores da economia norte-americana. O aviso levou as ações no país a caírem ao menor nível em mais de dois meses, justamente no 20o aniversário do crash das bolsas de 1987.

A Caterpillar, maior fabricante mundial de equipamentos para movimentação de terra e mineração, disse que a economia dos EUA estará “perto ou mesmo dentro de uma recessão” no próximo ano. De acordo com a companhia, vários setores econômicos que atende já estão em recessão.

O banco alemão Commerzbank chegou a cair 5 por cento, antes de diminuir a queda para 3,65 por cento, depois que seu presidente-executivo afirmou que a crise no mercado de crédito de alto risco atingirá os resultados da instituição relativos ao terceiro trimestre.

Enquanto isso, a fabricante de eletrodomésticos Electrolux perdia mais de 5 por cento, após a companhia ter divulgado lucro de terceiro trimestre abaixo das expectativas.

Entre as poucas ações que avançavam na sessão, a Pearson subia 1,76 por cento, depois que a empresa revisou para cima estimativa de vendas de sua divisão educacional.

Sem nenhum indicador macroeconômico importante esperado durante a sessão, investidores vão voltar suas atenções para o fluxo de resultados trimestrais que serão divulgados por companhias norte-americanas como Apple, Merck, Schering Plough, Texas Instruments e American Express . A intenção é buscar mais sinais sobre a situação da economia dos EUA.

Confira o desempenho das principais bolsas européias às 9h04:

BOLSA PONTUAÇÃO VARIAÇÃO %

Londres 6.434 -1,42

Frankfurt 7.782 -1,29

Paris 5.641 -1,73

Madri 15.245 -1,84

Milão 30.542 -1,98

Lisboa 12.650 -0,77

Veja como se comportaram as bolsas asiáticas [nN22408801]

REUTERS AAJ CS

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below