22 de Março de 2008 / às 15:48 / em 10 anos

Fazenda estuda medidas para conter consumo

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, está preocupado com o aquecimento da demanda em alguns setores da economia e pretende se reunir com representantes dos bancos e da indústria na próxima semana para discutir eventuais medidas para conter o consumo.

Alguns dos principais focos de preocupação do ministro são automóveis e aço, afirmou uma fonte do Ministério da Fazenda à Reuters. O temor é de que o aumento da demanda por esses produtos provoque uma elevação de preços a partir do próximo ano, pressionando a inflação.

“A idéia é fazer um ajuste fino, se necessário”, afirmou a fonte. “Queremos crescer sem inflação, mas ao mesmo tempo sem precisar de um remédio forte demais que paralise o crescimento.”

O ministro teme que o Banco Central eleve o juro e paralise a economia.

A idéia é avaliar as vantagens de promover medidas pontuais. Uma das propostas em estudo seria, por exemplo, alguma restrição a financiamentos de longo prazo para automóveis.

Mantega se reunirá com representantes da indústria do aço, da Federação Brasileira de Bancos e do Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial ao longo da próxima semana para discutir o assunto.

Reportagem de Isabel Versiani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below