October 23, 2007 / 9:57 AM / 11 years ago

Mercados asiáticos se recuperam com ajuda do setor tecnológico

Por Ian Chua

Pessoas conferem dados no painel eletrônico na bolsa de Beijing. As bolsas de valores da Ásia encerraram em queda nesta segunda-feira, depois que resultados fracos de empresas norte-americanas renovaram preocupações sobre a crise do mercado imobiliário do país poder afetar o crescimento dos EUA. Photo by China Daily

HONG KONG (Reuters) - As ações asiáticas se recuperaram nesta terça-feira após a divulgação do lucro da Apple, nos Estados Unidos, ter ajudado algumas ações de tecnologia da região. Ao mesmo tempo, o rali em busca do iene deu uma pausa diante do aumento do apetite ao risco.

O vigor nos mercados acionários reduziu a procura pelos seguros títulos públicos, levando o rendimento do bônus de 10 anos do governo japonês para o menor nível em um mês e colocando sob pressão os Treasuries dos Estados Unidos.

Às 7h54 (horário de Brasília), o índice MSCI de ações da Ásia-Pacífico, que exclui o Japão, subia 2,69 por cento, após duas sessões consecutivas de queda. A bolsa de Tóquio mais uma vez teve performance abaixo da média, encerrando praticamente estável aos 16.450 pontos.

Na segunda-feira, o MSCI caiu 3,1 por cento, na maior queda diária em mais de dois meses.

“As pessoas estão comprando (ações) aos montes, o que explica a valorização de papéis de bancos, enquanto as exportadoras (japonesas) estão subindo porque o iene está mais fraco”, explicou Terushi Hirotama, chefe de corretagem da Ichiyoshi Securities.

Apesar dos ganhos no mercado acionário, temores sobre o impacto da queda no mercado imobiliário dos EUA na economia de uma forma generalizada e no setor de crédito mantinham os investidores cautelosos, disseram operadores.

No final da segunda-feira, a Apple divulgou aumento de 67 por cento no lucro trimestral, com fortes vendas.

“O resultado da Apple ajudou a conter a perda em Wall Street... e a forte previsão da Apple ajudou bem as empresas de Taiwan que são suas fornecedoras”, disse Sheng Yen, gestor de fundos do Franklin Templeton First Taiwan.

Na Coréia do Sul, a bolsa de Seul subiu 2,32 por cento, a 1.947 pontos. A bolsa de Hong Kong se valorizou em 3,54 por cento, a 29.376 pontos, enquanto o mercado acionário em Xangai subiu 1,87 por cento, para 5.773 pontos, e Taiwan avançou 1,51 por cento, para 9.502 pontos.

Cingapura registrou alta de 1,45 por cento, aos 3.695 pontos, e Sydney subiu 1,27 por cento, para 6.660 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below