27 de Dezembro de 2007 / às 18:38 / 10 anos atrás

Petrobras iniciará 3o trecho do Gasene no 1o trimestre de 2008

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras anunciou nesta quinta-feira que iniciará, no primeiro trimestre de 2008, a construção do terceiro trecho do Gasene, o gasoduto que ligará Cacimbas, no Espírito Santo, a Catu, na Bahia.

O anúncio foi feito após a assinatura, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, de um financiamento no valor de 4,51 bilhões de reais.

“A obra vai garantir a integração da malha de gasodutos das regiões Sudeste e Nordeste e é um meio fundamental para permitir a colocação no mercado brasileiro da produção de gás natural da Bacia do Espírito Santo”, afirmou a estatal em nota divulgada ao mercado.

A previsão é de que o trecho entre Cacimbas e Catu, com 946 quilômetros de extensão, seja concluído em dezembro de 2009.

Parte dos recursos obtidos no BNDES será proveniente do repasse de um financiamento conseguido pelo banco junto ao China Development Bank (CDB), no valor de 750 milhões de reais.

Para a execução da obra, a Petrobras contratou a empresa estatal chinesa Sinopec Group, a sexta maior companhia petrolífera do mundo.

A Sinopec já é responsável pelas obras do segundo trecho do Gasene, entre Cabiúnas-Vitória (300 km), que deverá estar concluído em janeiro de 2008.

O primeiro trecho do Gasene, o Cacimbas-Vitória (129 km), opera comercialmente desde novembro deste ano.

De acordo com a estatal, o trecho Cacimbas-Catu irá permitir o transporte de até 20 milhões de metros cúbicos ao dia para o Nordeste.

“Este volume de gás natural, que será produzido na Bacia do Espírito Santo, representa quase o dobro do que a região consome atualmente”, informou a estatal em nota.

Segundo a Petrobras, além de garantir maior flexibilidade para o atendimento ao mercado não-térmico, este terceiro trecho do Gasene vai assegurar um aumento significativo na oferta de gás natural para geração de energia elétrica no Nordeste.

”O volume de gás natural que poderá ser transportado a partir deste trecho, adicionado ao GNL (gás natural liquefeito) recebido no terminal de regaseificação de Pecém (CE) --com capacidade de até 7 MMm/dia--, irá permitir a geração de 1.597 MW a gás natural no Nordeste, a partir de 2010.

Atualmente, a produção de energia elétrica a gás natural na região é de 221 MW.

No Sudeste, a conclusão dos dois primeiros trechos do Gasene (Cacimbas-Vitória e Cabiúnas-Vitória) permitirá, a partir de 2008, o acréscimo de 6 milhões de metros cúbicos/dia na oferta de gás natural para a região, a partir da produção na Bacia do Espírito Santo. Em 2010, esta bacia deverá produzir 18,7 milhões de metros cúbicos/dia, informou a estatal.

Por Roberto Samora; edição de Denise Luna

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below