27 de Fevereiro de 2008 / às 11:02 / 10 anos atrás

PANORAMA1-Investidor monitora Bernanke e quadro fiscal no Brasil

SÃO PAULO, 27 de fevereiro (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, presta contas ao Congresso norte-americano e o mundo pára para ouvir. A apresentação semestral sobre política monetária está agendada para 12h (horário de Brasília).

Investidores também estão de olho na fraqueza do dólar pelo mundo. No pregão asiático, o euro superou 1,50 dólar pela primeira vez e, por aqui, o dólar encerrou abaixo de 1,70 real.

Também no Brasil, Tesouro e Banco Central inundam o mercado financeiro com informações sobre o desempenho fiscal de janeiro. O resultado do governo central --que inclui Tesouro, Previdência e BC-- está previsto para 9h30 e, uma hora depois, saem as contas do setor público consolidado.

A Tendências Consultoria Integrada lembrou, em relatório, que o mês de janeiro “geralmente apresenta superávits elevados, devido à forte arrecadação”.

“Além disso, os gastos, principalmente os referentes a ‘outras despesas de custeio e capital’, costumam ser menores em janeiro, uma vez que o Orçamento ainda não foi aprovado e que o Tesouro aguarda verificação do comportamento das receitas para aumentar a liberação de desembolsos”, acrescentou.

EMPRESAS

Duas empresas com ações no Ibovespa revelam seus balanços do quarto trimestre, Natura (NATU3.SA) e Comgás CGAS5.SA. O mercado estará atento aos números da empresa de cosmésticos, que nos três primeiros trimestres de 2007 decepcionaram.

Investidores também respiram fundo e começam a se preparar para a quinta-feira, quando as gigantes Petrobras (PETR4.SA) e Vale (VALE5.SA), além de Oi TNLP4.SA e AmBev AMBV4.SA, divulgam seus resultados.

Veja como encerraram os principais ativos na terça-feira:

CÂMBIO BRBY

O dólar terminou a 1,684 real, em baixa de 1,29 por cento. O volume no segmento interbancário foi de 4,84 bilhões de dólares.

BOLSA .BVSP

O Ibovespa subiu 0,28 por cento, a 65.182 pontos. O volume financeiro na bolsa foi de 7,1 bilhões de reais.

ADRs BRASILEIROS .BR20

O índice de principais ADRs brasileiros avançou 1,66 por cento, aos 39.193 pontos.

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de depósito interfinanceiro (DI) fecharam em baixa na BM&F. O DI janeiro de 2009 recuou a 11,72 por cento, enquanto o DI janeiro de 2010 caiu a 12,40 por cento.

GLOBAL 40 BRAGLB40=RR

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 133,56 por cento do valor de face no final da tarde, oferecendo rendimento de 5,47 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS 11EMJ

No final da tarde, o risco Brasil cedia 4 pontos, a 235 pontos-básicos. O EMBI+ estava em 260 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,9 por cento, a 12.684 pontos. O Nasdaq .IXIC avançou 0,75 por cento, para 2.344 pontos. O índice S&P 500 .SPX exibia alta de 0,69 por cento, aos 1.381 pontos.

TREASURIES DE 10 ANOS US10YT=RR

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, subia e o rendimento recuava para 3,87 por cento no final da tarde ante 3,9 por cento na segunda-feira.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código PAN/SA)

Por Daniela Machado e Cesar Bianconi; Edição de Vanessa Stelzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below