28 de Maio de 2008 / às 23:32 / em 9 anos

Aécio e Pimentel tentam manter aliança PSDB-PT em Belo Horizonte

BELO HORIZONTE (Reuters) - Apesar do veto da Executiva Nacional do PT, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) e o prefeito de Belo Horizonte, Fernando Pimentel (PT), apostam na manutenção da aliança para as eleições à prefeitura da capital mineira.

O governador e o prefeito manifestaram na quarta-feira esperança de que a decisão petista seja revista, principalmente depois do aval que receberam do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na terça-feira, quando esteve em Minas Gerais.

“Tenho conversado com meus companheiros do diretório nacional, com esperança de mudar a decisão da Executiva. Temos ao nosso lado pessoas muito importantes na vida partidária. Estamos trabalhando com a expectativa de uma vitória”, afirmou o prefeito de Belo Horizonte a jornalistas.

Entre as “pessoas muito importantes”, Pimentel inclui o próprio presidente Lula, que se reuniu com ele e com Aécio na capital mineira e reafirmou seu apoio à coligação.

“(O presidente) é inteiramente solidário com o movimento que fazemos aqui. Além da fala pública, algumas ações ele deve estar fazendo, mas não me perguntem que tipo de ação, porque seria ferir a confiança com a qual ele me privilegia”, disse o prefeito.

“É uma posição política importante. Agora, o reflexo dela na direção nacional do PT nós vamos ter que aguardar”, completou Aécio.

APOIO DE PREFEITOS Pimentel e correligionários do PT mineiro tentarão, na sexta-feira, convencer o diretório nacional do partido a autorizar a aliança entre petistas e tucanos.

O obstáculo à aliança, no entender dos petistas, é justamente o envolvimento de Aécio Neves, que poderia se beneficiar do entendimento em uma possível candidatura à sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2010.

Na quarta-feira, Pimentel recebeu 51 prefeitos do interior de Minas Gerais que estiveram em Belo Horizonte para mostrar apoio à coligação. Os prefeitos entregaram um manifesto com a assinatura de todos para ser encaminhado ao diretório nacional.

Aécio Neves, por sua vez, afirmou que a parceria está mantida, apesar do veto da Executiva petista.

“É uma decisão do PT, mas independentemente dessa decisão, a aliança ocorrerá”, afirmou Aécio.

PT e PSDB tinham chegado a um entendimento em Belo Horizonte em torno da candidatura de Márcio Lacerda (PSB), atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais.

“O que quero dizer é que essa decisão do PT, que espero que seja na direção do que a população de Belo Horizonte deseja, não muda a nossa estratégia. Nós apoiaremos o candidato do PSB, com o apoio também do prefeito Fernando Pimentel”, acrescentou.

Aécio manifestou convicção no prosseguimento da aliança durante evento em que informou a exoneração de Márcio Lacerda, a pedido do próprio secretário. Pelo entendimento entre PSDB, PT e PSB em Belo Horizonte, Lacerda teria como vice o deputado estadual petista Roberto Carvalho.

MULTA

Apesar de a aliança para a prefeitura de Belo Horizonte não estar formalizada oficialmente, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais multou na terça-feira o prefeito Fernando Pimentel e os pré-candidatos Márcio Lacerda e Roberto Carvalho por propaganda eleitoral fora do prazo.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público por um evento em 29 de abril, no qual Pimentel, em seu discurso, defendeu a candidatura de Lacerda e Carvalho e pediu votos para a dupla.

A Comissão de Fiscalização da Propagando Eleitoral do TRE acatou a denúncia do MP e condenou o trio por propaganda indevida com uso abusivo da máquina pública para fins particulares.

A maior multa, de R$ 30 mil, coube ao prefeito, pois, segundo o juiz Octávio Augusto De Nigris Boccalini, “na condição de chefe do Poder Executivo, comandou o evento, proferiu o discurso, enalteceu os demais representados, fazendo apelo em favor da candidatura destes últimos.”

Márcio Lacerda e Roberto Carvalho foram multados em R$ 21,2 mil cada, mas os três ainda podem recorrer da decisão. (Reportagem de Marcelo Portela)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below