30 de Julho de 2008 / às 11:25 / 9 anos atrás

ArcelorMittal tem lucro recorde no 2o trimestre

Por Julien Ponthus

BRUXELAS, 30 de julho (Reuters) - O maior grupo siderúrgico do mundo, ArcelorMittal ISPA.AS, divulgou nesta quarta-feira lucro recorde, bem acima das expectativas, puxado por aumentos de preços que minimizaram o impacto provocado pelo aumento de custos com matérias-primas.

"Nos contratos que foram renegociados e fechados nós conseguimos significativos aumentos de preços e esperamos que a tendência continue até o final do ano e em 2009", disse o vice-presidente financeiro da companhia, Aditya Mittal, em teleconferência.

A Mittal informou que a política do grupo de comprar minas e ampliar sua suficiência em matérias-primas também foram importantes para impulsionar os lucros.

As ações da companhia disparavam 8,21 às 7h46 (horário de Brasília), após a divulgação do resultado.

"Esses números recordes estão muito acima do que esperávamos", disse o analista Hermann Reith, do BHF Bank, acrescentando que a comunidade de observadores do setor tinha subestimado a capacidade da ArcelorMittal de aumentar os preços de aço cobrados dos clientes.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou 8,05 bilhões de dólares contra previsão média de 10 analistas ouvidos pela Reuters de 6,75 bilhões de dólares e recorde anterior de 5,32 bilhões de dólares no trimestre um ano antes.

A empresa, praticamente três vezes maior que sua rival mais próxima, a Nippon Steel (5401.T), tinha guiado o mercado anteriormente para um número acima dos 6,5 bilhões de dólares e agora espera conseguir Ebitda acima dos 8,5 bilhões de dólares no terceiro trimestre.

O faturamento somou 37,84 bilhões de dólares e o lucro líquido alcançou os 5,84 bilhões de dólares. Na pesquisa da Reuters, as médias de previsões eram de 34,65 bilhões de dólares e 3,97 bilhões de dólares, respectivamente.

"Continuamos a buscar oportunidades para ampliar nossa suficiência em matéria-prima", disse o presidente-executivo da ArcelorMittal, Lakshmi Mittal, em comunicado, acrescentando que os investimentos para 2008 são de 7 bilhões de dólares.

"Temos algumas idéias de investimento", disse o filho de Lakshmi, Aditya, recusando ser mais específico, mas afirmando que a companhia vai executar a estratégia com agressividade.

A ArcelorMittal quer aumenar sua suficiência em minério de ferro de 45 para 75 por cento até 2012 e recentemente aumentou seu fornecimento de carvão próprio de 15 para 20 por cento, depois de adquirir minas na Rússia e nos Estados Unidos este ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below