November 26, 2017 / 5:43 PM / in a year

Na despedida da temporada, Bottas impede vitória de Hamilton em Abu Dhabi

(Reuters) - Valtteri Bottas venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi neste domingo e a Mercedes terminou a temporada da Fórmula 1 com o título mundial de construtores com direito a dobradinha: o finlandês em primeiro e o tetracampeão mundial Lewis Hamilton em segundo.

Foi a terceira vitória de Bottas na carreira, que havia começado na pole position no circuito da Yas Marina e impediu Hamilton de conseguir sua 10ª vitória na temporada.

“É uma vitória realmente importante para mim depois de um início de ano muito difícil até a segunda metade do ano”, disse Bottas, que chegou à Mercedes depois que o campeão de 2016, Nico Rosberg, se aposentou abruptamente há um ano.

“Este fim de semana, pole e vitória, eu não poderia estar mais feliz com esse fim de temporada.”

Correndo sob os holofotes, Sebastian Vettel da Ferrari ficou o terceiro lugar para terminar em segundo lugar o campeonato, cujo campeão, Hamilton, foi definido no México no mês passado.

A classificação final teve Hamilton com 363 pontos, Vettel com 317 e Bottas com 305.

A Mercedes já havia conquistado o campeonato mundial dos construtores pelo quarto ano consecutivo e terminou com 668 pontos, diante de 522 da Ferrari. E ainda registrou a quarta dobradinha na temporada.

“Depois de três, quatro ou cinco voltas, não pude ir mais rápido e, a partir daí, estive bastante sozinho na pista”, disse Vettel, que já venceu três vezes em Abu Dhabi. “Na segunda parte da corrida, tivemos um ritmo mais forte, mas não bom o bastante”, afirmou.

“Lewis mereceu ganhar o campeonato este ano. Odeio dizer isso, mas ele foi o melhor.”

Hamilton manteve Bottas sob sua alça de mira, mas também não conseguiu passar o companheiro. Ele disse que não era por falta de intenção ou por ordens de equipe.

“Muitos parabéns a Valtteri, ele fez um trabalho incrível para me impedir de chegar. Foi uma ótima corrida, eu dei tudo. É difícil ultrapassar aqui”, disse.

MASSA

Com as colocações finais refletindo o grid de largada, com a exceção do australiano Daniel Ricciardo da Red Bull que se retirou da prova com um problema hidráulico, o principal suspense ocorreu nas colocações intermediárias.

Toro Rosso, Renault e Haas estavam separados por apenas seis pontos antes do início da prova, com milhões de dólares em prêmios em jogo e a Renault levou a melhor graças ao sexto lugar de Nico Hulkenberg.

Ainda assim foi uma noite tensa para a equipe francesa, já que seu piloto espanhol Carlos Sainz foi liberado do pitstop com uma roda solta e teve de largar a corrida depois de quase bater no túnel de saída.

Houve também uma despedida emocionante para o veterano brasileiro Felipe Massa da Willians. O vice-campeão de 2008 se despediu da Fórmula 1 após 269 corridas na carreira.

Por Alan Baldwin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below