July 17, 2018 / 11:23 AM / 4 months ago

PF combate grupo especializado em roubo de cargas que causou prejuízo de mais de R$8,6 milhões

Carro da Polícia Federal no Rio de Janeiro 28/07/2015 REUTERS/Sergio Moraes

(Reuters) - A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira operação para desarticular organização criminosa especializada em roubo de cargas que contava com a participação dos próprios motoristas de caminhões, que causou prejuízo estimado em mais de 8,6 milhões de reais, informou a PF.

O grupo, investigado pela operação Transbordo, é suspeito dos crimes de furto e receptação de cargas e caminhões através de falsas comunicações de crimes de roubo, além de adulteração de veículos, golpes em seguradoras e outros delitos, disse a PF em comunicado.

Como parte da operação, foram expedidos 173 mandados judiciais, sendo 106 de busca e apreensão, 64 de prisão e 3 de interdição de empresas envolvidas nos Estados de Alagoas, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco.

Segundo a PF, a organização envolvia os próprios motoristas de caminhões que “simulavam terem sido sequestrados por assaltantes, enquanto outros integrantes realizavam a desativação dos dispositivos de segurança do caminhão e a subtração da carga”.

No final, o motorista realizava a falsa comunicação do crime em esquema que causou prejuízo superior a 8,6 milhões de reais apenas em relação à subtração de cargas e caminhões, segundo estimativa da Polícia Federal.

Por Maria Clara Pestre, no Rio de Janeiro

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below