November 26, 2019 / 8:37 PM / 10 days ago

Pioneiro dos mercados de carbono, Moura Costa recompra EcoSecurities da Mercuria

SÃO PAULO (Reuters) - Pedro Moura Costa, um pioneiro dos mercados de carbono, e seu sócio Pablo Martinez estão recomprando da trading suíça Mercuria Energy a desenvolvedora de projetos de baixo carbono e geradora de créditos EcoSecurities, de acordo com o próprio Moura Costa.

Os detalhes financeiros do negócio não foram divulgados.

O brasileiro iniciou a EcoSecurities em 1997, poucos meses antes da aprovação do Protocolo de Kyoto pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC, na sigla em inglês).

O protocolo, que incluiu metas para a redução de emissões em países desenvolvidos, impulsionou o avanço dos mercados de carbono, uma vez que os países podiam utilizar créditos de carbono para auxiliar no cumprimento das metas.

A EcoSecurities foi listada na Bolsa de Valores de Londres em 2005 e levantou capital suficiente para abrir escritórios em diversos países, tornando-se a maior desenvolvedora global de projetos de redução de emissões.

O JP Morgan adquiriu a empresa por 220 milhões de dólares em 2009 e a deslistou. Em 2013, o banco norte-americano a vendeu para a Mercuria.

“A ideia é reestruturar a empresa e prepará-la para participar dessa nova fase dos mercados de carbono e meio ambiente”, disse Moura Costa à Reuters. Ele está utilizando a BVRio, bolsa do Rio de Janeiro que negocia títulos verdes, como um veículo no negócio.

Pablo Martinez, que atuava como coordenador do comércio de carbono na Mercuria, decidiu se juntar a Moura Costa no negócio. Ele será o novo presidente executivo da EcoSecurities, com sede em Genebra.

Moura Costa acredita que haverá oportunidades para ativos ambientais no mercado nos próximos anos. Um exemplo é o crescente número de mercados regionais de carbono, como os de Turquia, China, Austrália, Coreia do Sul e Colômbia.

As compensações pelas emissões de carbono de alguns setores, como aviação e transporte marítimo, também são promissoras, disse ele.

Além do carbono, ele acredita que a gestão de resíduos também terá crescimento, com algumas empresas interessadas em títulos verdes como créditos de reciclagem, para compensar o uso de plásticos ou metais, por exemplo.

A Sustainable Investment Management, empresa de finanças ambientais, está assessorando a EcoSecurities na reestruturação, disse Moura Costa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below