March 5, 2020 / 8:10 PM / 5 months ago

Refinaria privada chinesa compra petróleo dos EUA após isenção tarifária, dizem fontes

11/03/2019. REUTERS/Vasily Fedosenko

CINGAPURA (Reuters) - Uma refinaria independente da China adquiriu petróleo norte-americano da plataforma de Mars para entrega em maio, um sinal de que as exportações de petróleo dos Estados Unidos para a maior importadora global do produto podem ganhar ritmo depois de os países terem assinado um acordo comercial no início do ano.

A China se comprometeu a comprar pelo menos 52,4 bilhões de dólares em produtos de energia dos EUA ao longo dos próximos dois anos. A promessa só poderá ser cumprida com aumentos substanciais nas importações de petróleo provenientes dos EUA, maior produtor global da commodity, segundo operadores e analistas.

Pequim começou a conceder isenções tarifárias a produtos norte-americanos no início de março, enquanto a janela de arbitragem dos EUA para a Ásia se abriu depois de quedas nas taxas de fretes.

Nesta semana, a Panjin Haoye Chemical adquiriu petróleo da plataforma de Mars junto à PetroChina, segundo três fontes com conhecimento do assunto.

“Sem a isenção à taxa de importação, esse negócio teria sido impossível”, disse uma das fontes, acrescentando que a PetroChina continua comercializando o restante de seu carregamento de 2 milhões de barris.

Telefonemas à Panjin Haoye em busca de comentários não foram atendidos. A PetroChina não respondeu de imediato a um pedido por comentários.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below