March 14, 2020 / 5:51 PM / 4 months ago

Ferrari fecha fábricas na Itália por duas semanas em resposta a coronavírus

MILÃO (Reuters) - A montadora de carros de luxo Ferrari anunciou neste sábado que fechou suas duas fábricas até 27 de março, em resposta ao surto de coronavírus na Itália e à crescente escassez de peças.

A Ferrari se junta a uma série de fabricantes italianos que fecharam unidades ou reduziram a produção em resposta à emergência do vírus, ameaçando prejudicar a indústria automotiva da Europa.

A Ferrari disse em comunicado que até agora tinha garantido a continuidade da produção, já que implementou todas as medidas de saúde decididas pelo governo italiano nas duas fábricas, localizadas na sede em Maranello e em Modena, na região norte da Emília-Romanha.

No entanto, a empresa acrescentou que “agora está enfrentando os primeiros problemas sérios na cadeia de suprimentos, que não permitem mais a continuidade da produção”.

A fabricante de sistemas de freios Brembo, cujos clientes incluem a Ferrari, disse na sexta-feira que fecharia temporariamente suas quatro fábricas italianas na próxima semana.

Toda atividade não industrial continuará regularmente, através de um trabalho inteligente, segundo a Ferrari.

Uma fonte próxima ao assunto disse que a companhia adotará outras medidas durante o período de fechamento, incluindo a higienização das áreas, e acrescentou que nenhum caso de contágio foi registrado entre os trabalhadores da Ferrari até o momento.

A Itália concordou com uma série de medidas no sábado para melhorar os controles de saúde em fábricas, escritórios e outros locais de trabalho que foram autorizados a permanecer abertos durante o isolamento imposto no país devido ao coronavírus.

Os trabalhadores da Ferrari continuarão recebendo seu salário integral e não serão solicitados a usar suas folgas durante o período de fechamento, afirmou a fonte.

O presidente-executivo Louis Camilleri disse que a Ferrari tomou a decisão de fechar suas fábricas por respeito a seus trabalhadores, “por sua paz de espírito e de suas famílias”.

Nesta semana, a montadora Fiat Chrysler e a CNH Industrial disseram que estavam interrompendo temporariamente as operações e diminuindo a produção em algumas de suas fábricas italianas para cumprir os requisitos do governo contra o coronavírus.

A Ferrari informou que sua equipe de Fórmula 1 também suspendeu as atividades operacionais.

Por Giulio Piovaccari

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below