May 8, 2020 / 10:20 PM / 22 days ago

Rainha diz ao Reino Unido para "nunca desistir" em homenagem à geração da 2ª Guerra Mundial

Rainha Elizabeth faz discurso televisionado ao Reino Unido no 75º aniversário do Dia da Vitória na Europa 08/05/2020 Buckingham Palace/Handout via REUTERS

LONDRES (Reuters) - A rainha Elizabeth liderou homenagens aos veteranos da Segunda Guerra Mundial, lembrando a mensagem “nunca desista, nunca se desespere” do Dia da Vitória na Europa, há 75 anos, em comemorações pelo fim da guerra no continente abalado pelo coronavírus.

Em um raro discurso televisionado que reuniu os temas da guerra e o coronavírus, a monarca de 94 anos disse que aqueles que serviram durante o conflito com a Alemanha nazista admirariam como seus descendentes estavam lidando com o isolamento imposto para conter a propagação do vírus.

“Quando olho para o nosso país hoje e vejo o que estamos dispostos a fazer para proteger e apoiar um ao outro, digo com orgulho que ainda somos uma nação que aqueles bravos soldados, marinheiros e aviadores reconheceriam e admirariam”, afirmou a rainha.

Em um dia que deveria ter sido repleto de desfiles e festas de rua, as comemorações nacionais para anunciar o dia em que as forças aliadas aceitaram a rendição incondicional da Alemanha foram reduzidas depois que as reuniões sociais foram restringidas para impedir a propagação do coronavírus.

Mas bandeiras e faixas ainda tremulavam por todo Reino Unido, e as pessoas presas em casa devido ao confinamento desfrutavam de um dia com programas especiais de televisão e rádio.

O Reino Unido prestou homenagem à geração de guerra com sobrevoos, dois minutos de silêncio e a transmissão do discurso do primeiro-ministro Winston Churchill em tempo de guerra para marcar o aniversário da vitória na Europa.

Em uma curta cerimônia que foi mantida em segredo para evitar a possibilidade de reunião de pessoas, o príncipe Charles, usando kilt, colocou uma coroa de flores no memorial de guerra do lado de fora da propriedade de sua família na Escócia.

As famílias britânicas evocaram o espírito da década de 1940, algumas vestindo roupas de época e realizando festas do chá, apesar do isolamento.

Já o primeiro ministro Boris Johnson invocou o “heroísmo de inúmeras pessoas comuns” em sua homenagem aos milhões de britânicos que lutaram e viveram a guerra.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below