for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Eleições primárias nos EUA são marcadas por confusão durante pandemia

Pessoas com máscaras de proteção contra coronavírus durante eleições primárias na Filadélfia, Pensilvânia (EUA) 02/06/2020 REUTERS/Joshua Roberts

WASHINGTON (Reuters) - Confusão, filas longas e cédulas enviadas pelo correio perdidas em algumas das zonas de votação marcaram as eleições primárias nesta terça-feira em oito Estados dos Estados Unidos e no Distrito de Columbia, o maior teste de votações até agora durante a pandemia do coronavírus.

A votação mais extensiva desde que a pandemia provocou uma série de lockdowns em meados de março serviu como um exercício de simulação para as eleições gerais de 3 de novembro, oferecendo uma amostra dos desafios à frente em escala nacional se a eleição for conduzida diante da ameaça da Covid-19.

Todos os Estados que votaram na terça-feira incentivaram ou aumentaram suas votações por correio como alternativa segura durante a epidemia, e reduziram drasticamente o número de locais físicos para a votação enquanto tiveram dificuldades para recrutar funcionários para eles.

Isso levou a números recordes de cédulas por correspondência em muitos Estados, assim como uma explosão de reclamações sobre atrasos e dúvidas sobre onde votar depois que os espaços físicos de votação foram consolidados.

“A grande história na Pensilvânia é realmente a confusão entre os eleitores”, disse Suzanne Almeida, diretora interina da agência governamental reguladora Common Cause Pennsylvania.

Zonas eleitorais em pelo menos quatro condados da Pensilvânia abriram com atraso, e as urnas eletrônicas tiveram problemas em pelo menos três dos condados do Estado, incluindo o da Filadélfia, de acordo com a Coalizão de Proteção das Eleições, um grupo de direitos eleitorais.

Muitas das zonas eleitorais apresentaram protocolos extensos de segurança - incluindo máscaras, estações de higienização, e filas com distanciamento social - apesar de alguns lapsos.

A votação em algumas áreas também ficou complicada por conta dos gigantescos protestos após um homem negro ter sido assassinado pela polícia em Minnesota na semana passada.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up