for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Grupos de torcedores criticam barulho artificial nos estádios vazios

Partida entre Borussia Dortmund e Bayern de Munique 26/05/2020 Federico Gambarini/Pool via REUTERS

BERNA (Reuters) - Grupos de torcedores de toda a Europa criticaram as tentativas de animar jogos em estádios vazios usando o barulho artificial da multidão, descrevendo-o como um castigo aos torcedores que frequentam as arenas.

Segundo os torcedores, o recente retorno do futebol após paralisação devido ao coronavírus, em partidas com portões fechados, mostrou que os torcedores são “a alma do esporte” e sua contribuição deveria ser reconhecida pelas ligas e clubes.

“Temos preocupações significativas em relação às tentativas das emissoras de substituir ou imitar a atmosfera única produzida pelos torcedores”, afirmou o comunicado do grupo Football Supporters Europe, que também foi assinado por 26 grupos de torcidas de uma dúzia de países europeus.

“A tecnologia de realidade aumentada, os cantos pré-gravados e outras formas de apoio artificial representam um castigo aos torcedores”, disse. “A ausência de torcida não pode ser compensada por uma simulação em computador destinada a divertir o público da televisão”.

Algumas emissoras, como a Sky da Alemanha, deram aos telespectadores a opção de assistir aos jogos com ruído artificial da multidão, enquanto em alguns países, como a Hungria, o barulho foi canalizado para os próprios estádios.

Os torcedores também exigiram maior participação nas discussões sobre o futuro do futebol, “incluindo a necessária revisão das estruturas de governança e regulamentos financeiros”.

Por Brian Homewood

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up