for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Vendas da Fiat Chrysler e Hyundai nos EUA têm nova queda no 2° tri

REUTERS/Washington Alves

BANGALORE, Índia (Reuters) - Fiat Chrysler FCAU.NFCHA.MI e Hyundai Motor 005380.KS divulgaram nesta quarta-feira um forte declínio nas vendas trimestrais de automóveis nos Estados Unidos.

Analistas dizem que o segundo trimestre deve ter a maior contração nas vendas de automóveis deste ano, já que as restrições causadas pelas medidas de quarentena e o desemprego mantiveram os consumidores afastados das concessionárias.

A Fiat Chrysler registrou uma queda de 39% nas vendas nos EUA, para 367.086 veículos no segundo trimestre. A Hyundai disse que as vendas nos EUA caíram 24%, para 141.722 veículos, no período.

Analistas esperam que o mercado de automóveis se recupere gradualmente nos próximos trimestres, apoiado em parte por descontos nos preços adotados por montadoras que querem elevar o volume de vendas.

“As vendas no varejo estão se recuperando desde abril, com a reabertura da economia, os preços constantes da gasolina e o acesso a empréstimos com juros baixos, estimulando as pessoas a comprar”, disse Jeff Kommor, chefe de vendas da Fiat nos EUA.

As consultorias de automóveis JD Power e LMC Automotive estimam que as vendas de veículos nos EUA caíram cerca de 25%, para 1,09 milhão de unidades em junho, desacelerando de uma queda de mais de 40% em abril e de 29% em maio.

(Por Ankit Ajmera e Sanjana Shivdas)

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

REUTERS PS AAJ

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up