for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Petróleo Brent recua 5% para menor nível desde junho com temores sobre demanda

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo Brent caíam abaixo de 40 dólares por barril nesta terça-feira, na quinta sessão de queda, pressionados por preocupações de que a recuperação na demanda possa enfraquecer à medida que infecções por coronavírus crescem pelo mundo.

Os casos de coronavírus aumentaram em 22 dos 50 Estados dos Estados Unidos, mostrou uma análise da Reuters no fim de semana. Novas infecções também estão aumentando na Índia e no Reino Unido.

O petróleo Brent recuava 2,32 dólar, ou 5,52%, a 39,69 dólares por barril, às 11:29 (horário de Brasília). Antes, chegou a cair para 39,61 dólares, o menor nível desde 25 de junho.O petróleo dos Estados Unidos caía 3,17 dólar, ou 7,97%, a 36,6 dólares por barril.

Na segunda-feira, o petróleo caiu após a petroleira saudita Aramco ter cortado os preços oficiais de venda de outubro por seu petróleo Arab light, em um sinal de que a demanda pode estar sofrendo.

“A fraqueza nos preços está continuando hoje”, disse o analista do Commerzbank, Eugen Weinberg. “Acreditamos que isso é atribuível primeiramente e principalmente às preocupações com a demanda”.

Os dois contratos de referência do petróleo saíram do intervalo limitado em que vinham negociando, com os preços do Brent já recuando mais de 8% desde o fim de agosto.

“A sequência de perdas é guiada por uma perspectiva de demanda estagnada pelo restante do ano”, disse a analista da Rystad Energy, Paola Rodriguez-Masiu.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up