for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

UE inicia fase final de negociação por vacina contra Covid-19 de BioNTech-Pfizer

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia informou nesta quarta-feira que entrou na fase final de uma negociação com a parceria BioNTech-Pfizer para adquirir até 300 milhões de doses de uma possível vacina contra a Covid-19.

Foto ilustrativa 10/04/2020 REUTERS/Dado Ruvic

Trata-se da sexta vacina em potencial para a qual o Executivo da União Europeia fechou ou planeja fechar um acordo de compra antecipada.

O contrato debatido com a alemã BioNTech e a norte-americana Pfizer contemplaria uma compra inicial de 200 milhões de doses, com a opção de adquirir 100 milhões de doses adicionais, disse a Comissão após a conclusão das conversas exploratórias.

Todos os membros da UE teriam a possibilidade de comprar a vacina, e poderiam doar a nações mais pobres ou redirecioná-la a outros países europeus.

O suprimento do bloco seria produzido nas instalações da BioNTech na Alemanha e na unidade de fabricação da Pfizer na Bélgica, e as remessas começariam no final do ano, disseram as empresas em um comunicado.

Elas acrescentaram que estão prestes a solicitar uma análise regulatória de sua vacina em potencial em outubro e, dependendo da aprovação, planejam disponibilizar até 100 milhões de doses para todo o mundo até o final de 2020 e cerca de 1,3 bilhão de doses até o final de 2021.

O acordo proposto à Comissão Europeia seria a maior encomenda inicial de doses que Pfizer e BioNTech já receberam, disseram ambas.

As farmacêuticas estão desenvolvendo uma variedade nova de vacina baseada em RNA mensageiro, que faz o corpo humano criar proteínas virais e induz o sistema imunológico a produzir uma reação defensiva.

No mês passado, a Comissão Europeia chegou a um primeiro acordo com a AstraZeneca para obter ao menos 300 milhões de doses de sua vacina em potencial, seguindo o exemplo de ações dos Estados Unidos e de outros países para garantir estoques de vacinas contra a Covid-19.

A Comissão também concluiu conversas exploratórias com Sanofi-GSK, Johnson & Johnson, CureVac e Moderna para comprar antecipadamente suas possíveis vacinas contra a Covid-19, e está conversando com outras fabricantes.

Por Philip Blenkinsop e Marine Strauss

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up