26 de Outubro de 2015 / às 13:50 / em 2 anos

PF tem nova fase da operação Zelotes e faz busca em empresa de filho de Lula

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão nesta segunda-feira em uma empresa de marketing esportivo de propriedade de um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como parte de nova fase da operação Zelotes, que investiga fraude em julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), do Ministério da Fazenda.

Carro da Polícia Federal no Rio de Janeiro. 28/07/2015 REUTERS/Sergio Moraes

A Polícia Federal afirmou, por meio da assessoria, que não divulgaria detalhes sobre os alvos da nova etapa da operação. Uma fonte da PF, que pediu para não ser identificada, confirmou a ação de busca e apreensão em empresa do filho de Lula, mas não tinha detalhes sobre a suposta ligação com o esquema investigado pela Zelotes.

A nova etapa da operação, segundo a PF, aponta que um consórcio de empresas, além de promover a manipulação de processos e julgamentos dentro do Carf, também negociava incentivos fiscais a favor de empresas do setor automobilístico.

“As provas indicam provável ocorrência de tráfico de influência, extorsão e até mesmo corrupção de agentes públicos para que uma legislação benéfica a essas empresas fosse elaborada e posteriormente aprovada”, disse a polícia em nota.

Segundo reportagem do jornal o Estado de S. Paulo, uma empresa de Luís Cláudio Lula da Silva recebeu pagamento de um lobista investigado por supostamente ter negociado a aprovação de uma medida provisória durante o governo Lula que prorrogou incentivos fiscais ao setor automotivo.

A defesa do filho do ex-presidente afirmou, por meio de nota, que as duas empresas em nome de Luís Cláudio, a Touchdown Promoção de Eventos Esportivos e a LFT Marketing Esportivo, “jamais tiveram qualquer relação, direta ou indireta” com o Carf.

“No caso da LFT Marketing Esportivo, que se viu indevidamente associada à edição da MP 471 –alvo da Operação Zelotes-, a simples observação da data da constituição da empresa é o que basta afastá-la de qualquer envolvimento com as suspeitas levantadas. A citada MP foi editada em 2009 e a LFT constituída em 2011”, afirmou o advogado Cristiano Zanin Martins em comunicado.

A operação Zelotes tem como objetivo investigar e desarticular organizações criminosas que atuavam na manipulação do trâmite de processos e resultados de julgamentos do Carf, de acordo com a polícia. Nova fase da ação foi deflagrada nesta segunda-feira para cumprimento de 33 mandados judiciais, sendo 6 de prisão, 18 de busca e apreensão e 9 de condução coercitiva nos Estados de São Paulo, Piauí, Maranhão e Distrito Federal.

De acordo com a fonte da PF, entre os presos nesta segunda-feira está o ex-conselheiro do Carf José Ricardo da Silva.

Segundo o Ministério Público Federal, 74 julgamentos realizados entre 2005 e 2013 pelo Carf que estão sendo analisados somam 19,6 bilhões de reais que deixaram de ser recolhidos aos cofres públicos.

Reportagem adicional de Caio Saad

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below