May 20, 2018 / 3:35 PM / 6 months ago

Cuba confirma morte de 110 pessoas no pior acidente aéreo do país desde 1989

HAVANA (Reuters) - Autoridades cubanas disseram que a queda de avião de passageiros Boeing na sexta-feira logo após a decolagem de Havana matou 110 das 113 pessoas que estavam a bordo, o que o transforma no pior acidente aéreo em número de vítimas em quase 30 anos.

Bandeiras estavam erguidas a meio mastro em Cuba neste sábado, marcando o início dos dois dias de luto oficial enquanto autoridades trabalhavam para encontrar evidências do local do acidente e identificar as vítimas.

Até agora, 15 pessoas foram identificadas uma caixa preta, recuperada, disseram autoridades.

Alegações de queixas anteriores de segurança contra a pouco conhecida empresa mexicana Damojh, que alugou o Boeing 737 de quase 40 anos de uso para a empresa aérea Cubana também começaram a aparecer.

Damojh evitou comentar, enquanto a Diretoria Geral de Aeronáutica Civil do México disse que uma nova fiscalização da companhia seria realizada para assegurar que ela ainda está “cumprindo normas”.

Enquanto isso, autoridades cubanas disseram em uma entrevista coletiva no sábado no aeroporto de Havana que 99 dos passageiros mortos no vôo doméstico para a cidade de Holguin eram cubanos, enquanto três eram turistas estrangeiros - dois argentinos e um mexicano - e dois eram Sahrawi residentes em Cuba.

Seis tripulantes mexicanos também foram mortos.

Dez casais de pastores retornando após um retiro também estavam entre as vítimas, disse a Igreja Nazarena Cubana.

Três cubanas sobreviveram à queda do avião, mas ainda continuam em condições críticas, disse o chefe do hospital onde estão internadas.

“Minha filha é uma lutadora, ela é forte, ela vai se salvar”, disse Amparo Font, mãe de Gretel Landrove, sobrevivente de 23 anos, com a voz embargada e lágrimas nos olhos.

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, visitou no sábado o necrotério onde as vítimas estavam sendo identificadas. O acidente é o primeiro grande teste de sua presidência depois de assumir o cargo passado por Raul Castro no mês passado. Na sexta-feira ele também visitou o local do acidente. 

Alguns moradores que viram o acidente disseram que um dos motores parecia ter pegado fogo antes do avião atingir o solo.

“O avião estava pegando fogo, virou e depois mergulhou”, disse o fazendeiro Marino Perez Alvaredo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below