April 12, 2019 / 2:08 PM / 4 months ago

Importação chinesa de petróleo cai em março com refinarias em manutenção

CINGAPURA/XANGAI (Reuters) - As importações chinesas de petróleo em março caíram ante o mês anterior, com refinarias estatais em processos de manutenção, mas as exportações de combustíveis subiram para o maior nível em pelo menos sete anos, enquanto uma nova refinaria privada funcionava a plena capacidade, mostraram dados aduaneiros nesta sexta-feira.

As importações de petróleo bruto no mês passado foram de 39,34 milhões de toneladas, ou 9,26 milhões de barris por dia (bpd), a menor desde outubro de 2018, segundo dados da Administração Geral das Alfândegas. Isso representa uma queda de 9,4 por cento em relação aos 10,23 milhões de bpd de fevereiro, mas aumento de 0,4 por cento na comparação anual.

Pelo menos seis refinarias estatais chinesas planejam fechar para manutenção em 2019, com a maior parte dos fechamentos ocorrendo durante o segundo trimestre do ano, antes que a demanda de combustível atinja o pico no terceiro trimestre.

A queda nas importações também veio depois que os esforços de estocagem da China para suas reservas estratégicas diminuíram em março, em resposta aos preços mais altos do petróleo, mostraram as avaliações da Refinitv Oil Research.

Para o primeiro trimestre, as importações de petróleo subiram 8,2 por cento ante o ano anterior, para um recorde de 121,17 milhões de toneladas, ou cerca de 9,83 milhões de barris diários.

Isso foi 740.000 bpd a mais do que a taxa de 9,09 milhões de bpd durante o primeiro trimestre do ano passado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below