April 16, 2019 / 2:53 PM / 4 months ago

Produção manufatureira dos EUA permanece inalterada em março

Linha de produção de fábrica automotiva em Smyrna, Tennessee (EUA) 23/08/2018 REUTERS/William DeShazer

WASHINGTON (Reuters) - A produção manufatureira dos Estados Unidos permaneceu inalterada em março, após duas quedas mensais seguidas, levando à maior perda trimestral da produção desde 2017.

O Federal Reserve disse nesta terça-feira que a produção manufatureira no mês passado foi restringida pela fraca produção de veículos motorizados. Os dados de fevereiro foram revisados para mostrar que a produção das fábricas caiu 0,3 por cento, em vez de queda de 0,4 por cento como anteriormente divulgado.

Economistas consultados pela Reuters previam que a produção manufatureira cresceria 0,1 por cento em março. A produção nas fábricas caiu a uma taxa anualizada de 1,1 por cento no primeiro trimestre. Essa foi a primeira queda trimestral desde o terceiro trimestre de 2017 e seguiu-se a um ritmo de 1,7 por cento de aumento no período de outubro a dezembro.

A produção de veículos e peças automotivas caiu 2,5 por cento no mês passado, depois de aumentar 2,3 por cento em fevereiro. Um excesso de estoques no setor de automóveis está pesando sobre a produção, contribuindo para o declínio do emprego em fábricas em março pela primeira vez desde julho de 2017.

Excluindo veículos e peças automotivas, a produção manufatureira subiu 0,2 por cento em março, após queda de 0,5 por cento em fevereiro.

As perspectivas para o setor manufatureiro, que representa cerca de 12 por cento da economia dos EUA, estão turvas. Uma pesquisa do Fed de Nova York divulgada na segunda-feira mostrou que uma medida da atividade futura de negócios no Estado de Nova York caiu para uma mínima de mais de três anos em abril, com as empresas se mantendo pessimistas sobre as novas encomendas e embarques.

A produção está desacelerando à medida que o estimulo aos gastos de capital do pacote de corte de 1,5 trilhão de dólares em impostos do ano passado diminui. A atividade também está sendo prejudicada pela guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, assim como pelo aumento do dólar no ano passado e pelo abrandamento do crescimento econômico global, que estão prejudicando as exportações.

A estabilidade da produção manufatureira em março junto com uma queda de 0,8 por cento na mineração levou a uma queda de 0,1 por cento na produção industrial, de alta de 0,1 por cento em fevereiro.

Por Lucia Mutikani

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below