for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Kim Jong Un diz que novo lançamento de míssil tático foi alerta à Coreia do Sul

Líder norte-coreano, Kim Jong Un, visita fábrica de submarinos em local não revelado na Coreia do Norte 23/07/2019 KCNA via REUTERS

SEUL (Reuters) - O líder norte-coreano Kim Jong Un inspecionou a demonstração de um “novo tipo de arma tática guiada” nesta quinta-feira, em um alerta para que a Coreia do Sul pare de importar armas de alta tecnologia e conduzir exercícios militares conjuntos, reportou a agência estatal norte-coreana KCNA na sexta-feira.

A Coreia do Norte fez dois disparos testes de mísseis balísticos de curto alcance na quinta-feira, segundo disseram autoridades sul-coreanas, nos primeiros testes de mísseis desde que Kim e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordaram em retomar as negociações sobre desnuclearização no mês passado.

O relatório da KCNA não mencionava Trump ou os Estados Unidos, mas dizia que Kim criticava as autoridades sul-coreanos por continuarem com exercícios conjuntos, que normalmente são conduzidos com tropas norte-americanas.

“Não podemos senão desenvolver sistemas de armas superpoderosos e imparáveis para remover as ameaças potenciais e diretas à segurança do nosso país que existem no Sul”, disse Kim, de acordo com a KCNA.

Ele acusou os sul-coreanos de uma “dupla negociação” por dizerem que apoiam a paz enquanto importam simultaneamente novas armas e conduzem simulações militares.

O líder sul-coreano deveria parar com tais “atos suicidas” e “não deveria cometer o erro de ignorar o aviso”, disse Kim.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up