August 30, 2019 / 1:42 PM / 3 months ago

Waymo pede que EUA removam barreiras regulatórias para carros autônomos

29/11/2018 REUTERS/Caitlin O’Hara/File Photo - RC1D432C4B30

WASHINGTON (Reuters) - A Waymo, unidade de automóveis autônomos Alphabet, da controladora do Google, pediu na quinta-feira para a Administração Nacional de Segurança no Trânsito nas Rodovias (NHTSA) para “prontamente” remover as barreiras regulatórias para carros sem volantes e pedais de freio.

Atualmente, as montadoras devem atender a quase 75 padrões de segurança para carros autônomos, muitos deles escritos sob a premissa de que um motorista está no comando do veículo usando os controles tradicionais.

A NHTSA tem dificuldades há mais de três anos com a forma de abordar esses requisitos, enquanto documentos de grandes empresas nesta semana lançam luz sobre questões complexas que envolvem testes, aquisições e avaliações de veículos autônomos.

“A NHTSA deve agir rapidamente para remover barreiras e garantir a segurança”, disse a Waymo em uma carta publicada na quinta-feira depois que a agência de segurança automotiva solicitou comentários públicos em maio “sobre a remoção de barreiras regulatórias desnecessárias à introdução segura de sistemas de direção automatizados”.

A NHTSA deve primeiro abordar os padrões de segurança que assumem que um humano está ao volante antes de revisar as regras para abordar configurações alternativas de assentos, disse a Waymo.

Isso “permitirá a implantação oportuna” de veículos sem controles manuais, acrescentou a Waymo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below