September 2, 2019 / 9:58 PM / a month ago

Hezbollah diz que incidente na fronteira com Israel acabou, mas "nova fase" se iniciou

Membros do Hezbollah seguram bandeiras do grupo ao ouvirem o líder Sayyed Hassan Nasrallah 25/08/2019 REUTERS/Aziz Taher

JERUSALÉM/BEIRUTE (Reuters) - O líder do movimento libanês Hezbollah disse nesta segunda-feira que, embora a troca de hostilidades na fronteira com Israel tenha acabado, o episódio havia lançado uma “nova fase” na qual o grupo, que é apoiado pelo governo do Irã, não tem mais limites de atuação. 

Em um discurso televisionado, Sayyed Hassan Nasrallah disse que o novo foco do grupo seria destinado aos drones israelenses que adentram o espaço aéreo libanês, e que lidar com eles seria tarefa dos combatentes de campo. 

O Hezbollah e o Exército israelense trocaram disparos através de suas fronteiras no domingo após um ataque conduzido por drones na semana passada em um subúrbio de Beirute controlado pelo Hezbollah. O grupo culpou Israel pelo incidente, aumentando temores de um conflito regional mais amplo. 

Em seu discurso, Nasrallah disse que os mísseis de domingo enviaram a Israel “uma clara mensagem de que se você atacar, suas forças, seus assentamentos na fronteira e (no interior)” estarão em risco. 

Seus comentários tiveram um tom desafiador, embora as percepções na região são de que os inimigos de longa data queiram, em particular, evitar uma guerra aberta em um momento de aumento de tensões regionais. 

Durante o episódio de domingo, Israel simulou soldados feridos para atenuar qualquer inclinação do Hezbollah em escalar as hostilidades. 

A imprensa israelense fotografou um helicóptero do Exército realizando o que parecia ser a retirada de dois soldados feridos para um hospital após o Hezbollah ter lançado mísseis antitanques em direção a uma base do Exército e alguns veículos. O governo de Israel afirmou que não houve vítimas. 

Mas uma pessoa com informações sobre a operação de retirada, e que falou à Reuters em condição de anonimato, disse que os soldados estavam de fato ilesos, mas enfaixados e cobertos com sangue falso no que classificou como uma “manobra de operação psicológica”. 

O Hezbollah disse ter destruído um veículo blindado israelense, matando e ferindo os que estavam dentro, e transmitiu o que dizia ser uma imagem de dois mísseis atingindo um veículo em movimento. 

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below