for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ferrari diz que falha do motor em teste não é motivo de preocupação

LONDRES (Reuters) - A Ferrari descobriu o problema em motor de Sebastian Vettel no primeiro teste de pré-temporada da Fórmula 1 na Espanha na semana passada e não está preocupada com isso, afirmou a equipe nesta segunda-feira.

Os italianos disseram que o motor foi retirado e devolvido à fábrica de Maranello após a falha no Circuito da Catalunha.

“A falha foi atribuída a um problema não estrutural do sistema de lubrificação. Não é motivo de preocupação e o trabalho para corrigi-lo já está em andamento”, afirmou a Ferrari em comunicado em seu site.

Há mais três dias de testes no circuito espanhol nesta semana antes de os carros serem enviados à Austrália para a prova de abertura, dia 15 de março, em Melbourne.

O ritmo relativamente lento da Ferrari foi motivo de preocupação no primeiro teste, com o chefe da equipe Mattia Binotto dizendo que os carros vermelhos não eram tão rápidos quanto seus principais rivais depois que os italianos terminaram apenas com o oitavo tempo entre as 10 equipes.

A campeã Mercedes, no entanto, considerou o desempenho com certo ceticismo e apontou que a Ferrari, que não leva um título na Fórmula 1 desde a conquista de construtores em 2008, tinha claramente o motor em níveis reduzidos.

A Ferrari poderá responder a algumas dessas perguntas esta semana com a equipe planejando “começar a trabalhar no desempenho, enquanto realiza simulações de qualificação e corrida”.

Charles Leclerc e Vettel compartilharão suas tarefas no carro quando o teste for retomado na quarta-feira.

Por Alan Baldwin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up