for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ações europeias fecham próximas a máxima em 3 semanas com rali de setores automotivo e de viagens

(Reuters) - As ações europeias atingiram uma máxima em quase três semanas nesta terça-feira, com as apostas de estímulo dos Estados Unidos e dados encorajadores da China e da Alemanha impulsionando setores cíclicos ligados ao crescimento, como o de viagens e lazer, bancos e montadoras.

Operador na bolsa de valores de Frankfurt. REUTERS/Ralph Orlowski

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,64%, a 1.437 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,68%, a 371 pontos.

Em Wall Street, o índice S&P 500 se aproximava de uma máxima recorde, uma vez que os investidores esperavam por mais estímulo fiscal dos EUA. [.NPT]

As montadoras subiram 4,4% na Europa depois que dados mostraram que as vendas de automóveis da China subiram 16,4% em julho, o quarto mês consecutivo de ganhos, uma vez que o maior mercado de veículos do mundo saiu das mínimas atingidas durante os bloqueios causados pelo coronavírus.

Outros setores duramente atingidos pela pandemia, como o de viagens e lazer, petróleo e gás e bancos saltaram entre 3,7% e 4,5%.

Estímulos monetários e fiscais sem precedentes, esperanças de uma vacina contra a Covid-19 e o sucesso relativo da Europa em limitar a disseminação do coronavírus ajudaram o STOXX 600 a subir 38% em relação a suas mínimas de março, mas o índice permanece cerca de 15% abaixo de suas máximas recordes.

“Houve um aumento decente no ímpeto do crescimento econômico e os balanços de alguns dos setores cíclicos foram melhores do que o esperado”, disse Paul Danis, estrategista-chefe global da gestora de fortunas Brewin Dolphin.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,71%, a 6.154 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 2,04%, a 12.946 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,41%, a 5.027 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,84%, a 20.209 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 2,97%, a 7.263 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,86%, a 4.434 pontos.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up