for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Opep monitora de perto retomada de produção de petróleo na Líbia, dizem fontes

Trabalhador em unidade de petróleo de Zueitina. REUTERS/Esam Omran Al-Fetori (LIBYA - Tags: POLITICS ENERGY BUSINESS)

LONDRES (Reuters) - A Opep e seus aliados estão acompanhando esforços para retomada da produção de petróleo na Líbia muito de perto, disseram fontes do grupo nesta segunda-feira, embora os produtores ainda devam esperar para ver se haverá um recomeço sustentável antes de qualquer reação.

A Líbia, que faz parte da Opep, está isenta de cortes de produção sob um acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados para restringir a oferta. Uma retorno da produção líbia poderia forçar outros países a cortes adicionais para apoiar os preços.

Os preços do petróleo Brent, referência internacional, operavam perto de 42 dólares por barril nesta segunda-feira, recuando em meio à expectativa de possível retorno da Líbia ao mercado. A produção do país estava praticamente paralisada desde janeiro, e o retorno aconteceria em momento em que a alta no número de casos de coronavírus gera preocupações com a demanda.

Três fontes da Opep disseram que será preciso algum tempo para avaliar a situação.

“Neste estágio, precisamos assistir por algum período”, disse uma fonte da Opep, que falou sob anonimato. “Mas o mercado está reagindo muito rápido com um sentimento baixista.”

Uma segunda fonte disse que a organização está acompanhando muito atentamente a produção da Líbia, enquanto uma outra fonte próxima à Opep disse que a produção da Líbia é menos preocupante do que um possível novo enfraquecimento da demanda devido a novas medidas de restrição contra o coronavírus.

A National Oil Corp (NOC) da Líbia disse no sábado que retirou a força maior sobre portos e instalações que considera seguras e que estava em procedimentos para retomada em algumas localidades, após um bloqueio à produção de petróleo que começou em janeiro.

Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519 REUTERS LC RS

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up