29 de Abril de 2013 / às 22:14 / em 5 anos

Nave espacial de passageiros da Virgin completa primeiro teste

Por Irene Klotz

29 Abr (Reuters) - Uma nave espacial com capacidade para seis passageiros, de propriedade do grupo Virgin, decolou pela primeira vez nesta segunda-feira, um passo fundamental para o início do serviço comercial dentro de cerca de um ano, disse o proprietário da Virgin, Richard Branson.

O voo-teste ao longo do deserto de Mojave, na Califórnia, durou 16 segundos, e quebrou a barreira do som.

“Foi impressionante”, disse Branson à Reuters. “Você pode ver isso muito claramente. Colocar o foguete e a nave espacial juntos e vê-los desempenhar com segurança, foi um dia decisivo.”

A nave e o avião transportador, o WhiteKnightTwo, decolaram do Mojave Air and Space Port às 11h (horário de Brasília), em direção a uma altitude de cerca de 14 quilômetros, onde a SpaceShipTwo foi liberada.

Dois pilotos, em seguida, acenderam o motor de foguete da nave e subiram mais 3 quilômetros, chegando a Mach 1.2 no processo.

Voos adicionais de teste foram planejados antes de a nave voar ainda mais rápido, para alcançar altitudes superiores a 100 quilômetros.

“Indo de Mach 1 a Mach 4 é relativamente fácil, mas obviamente ainda temos de fazê-lo. Acho que os grandes marcos difíceis estão todos atrás de nós”, disse Branson.

A Virgin Galactic está vendendo passeios a bordo da nave SpaceShipTwo por 200.000 dólares por pessoa. Mais de 500 pessoas já fizeram depósitos.

Branson e seus filhos pretendem ser os primeiros pilotos, após testes, a andar na nave espacial, dentro de cerca de um ano.

O modelo da SpaceShipTwo é baseado em um protótipo de três pessoas chamado SpaceShipOne, que em outubro de 2004 conquistou o Prêmio Ansari X, de 10 milhões de dólares, pelos primeiros voos espaciais humanos financiados pelo setor privado.

O cofundador da Microsoft Paul Allen financiou o desenvolvimento da nave SpaceShipOne, estimado em 25 milhões de dólares.

Até agora, a Virgin Galactic em parceria com a Aabar Investments PJC, de Abu Dhabi, gastaram 500 milhões de dólares no desenvolvimento da SpaceShipTwo e esperam desembolsar mais 100 milhões de dólares antes de iniciar o serviço comercial, disse Branson.

A empresa pretende construir mais quatro naves e vários jatos de transporte WhiteKnight, que também serão utilizadas para uma empresa de lançadores de satélites. Além do voo de passageiros, a Virgin Galactic está negociando a SpaceShipTwo com entidades de pesquisas, incluindo a Nasa, para levar experimentos, com ou sem os cientistas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below