January 12, 2015 / 8:24 PM / 4 years ago

Café fecha em baixa em NY após máxima em 6 semanas por fortes exportações do Brasil

NOVA YORK/LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do café arábica mudaram de direção e fecharam em baixa nesta sexta-feira na bolsa de Nova York, caindo de uma máxima de seis semanas após as exportações do Brasil atingirem um recorde em 2014, mesmo diante da quebra de safra no ano passado.

O arábica vinha registrado altas nas últimas sessões, em parte por preocuações com a safra de 2015 do maior produtor global.

A exportação total de café do Brasil atingiu um recorde de 36,32 milhões de sacas de 60 kg em 2014, alta de 14,7 por cento ante 2013, informou nesta segunda-feira o Conselho dos Exportadores de Café (Cecafé).

Operadores disseram ainda que alguns meteorologistas suavizaram suas previsões, apontando aumento de chuva em algumas áreas produtoras na próxima semana, embora o Reuters Weather Dashboard indique que o Sudeste do Brasil deverá receber, até 27 de janeiro, cerca de metade do volume normal de chuvas para esta época do ano.

O primeiro contrato do arábica caiu 3,30 centavos, ou 1,8 por cento, fechando a 1,7675 dólar por libra-peso.

No açúcar bruto, o primeiro contrato caiu 0,15 centavo, ou 1 por cento, a 14,76 centavos de dólar por libra peso.

Por Marcy Nicholson e David Brough

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below