March 22, 2017 / 9:13 PM / a year ago

Alexandre de Moraes toma posse no STF em rápida cerimônia

BRASÍLIA (Reuters) - Em cerimônia sem discursos de autoridades, Alexandre de Moraes tomou posse nesta quarta-feira como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em substituição a Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo em janeiro deste ano.

Alexandre de Moraes toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal 22/03/2017 REUTERS/Adriano Machado

Moraes era ministro da Justiça do governo do presidente Michel Temer, responsável pela indicação do ex-auxiliar à Suprema Corte.

O novo magistrado do Supremo também foi secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, durante a gestão do atual governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB). Moraes era filiado ao PSDB, mas se desfiliou da legenda para poder assumir uma cadeira no STF.

Na nova função, Moraes poderá ter de julgar alguns de seus ex-colegas de partido e de governo citados em acordos de delação premiada de executivos da Odebrecht com a operação Lava Jato.

Pelo menos seis ministros de Temer estariam entre os alvos dos 83 pedidos de abertura de inquérito feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, com prerrogativa de foro junto ao tribunal.

De perfil claramente político e pouco discreto, Moraes se envolveu em uma série de polêmicas durante o período em que comandou o Ministério da Justiça e também teve de lidar com a crise no sistema carcerário no início deste ano.

Reportagem de César Raizer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below